Polícia Ambiental resgata mais de 30 pássaros silvestres mantidos em cativeiros
Polícia Ambiental resgata mais de 30 pássaros silvestres mantidos em cativeiros em Marília
Compartilhe

Morador do Bairro Maracá II foi multado em R$ 15 mil por manter aves em gaiolas, sem anilhas de identificação. Canários também foram apreendidos no Santa Antonieta.

A Polícia Ambiental resgatou mais de 30 pássaros silvestres que estavam sendo mantidos em cativeiros, de forma irregular, neste fim de semana em Marília (SP).

A apreensão foi feita neste domingo (9) no Bairro Maracá II após uma denúncia de caça de pássaros silvestres. No local, a polícia encontrou um homem com dois canários da terra, em uma gaiola e em um alçapão.

Morador do Bairro Maracá II foi multado em R$ 15 mil por manter aves em gaiolas sem autorização — Foto: Polícia Ambiental/Divulgação

Morador do Bairro Maracá II foi multado em R$ 15 mil por manter aves em gaiolas sem autorização

Na casa do suspeito, a polícia encontrou mais 28 pássaros silvestres irregulares e apenas um deles possuía anilha de identificação, mas com marcas de adulteração, segundo a PM.

O dono do imóvel recebeu dois autos de infração ambiental, que totalizaram R$ 15 mil, e as aves foram soltas na natureza após avaliação veterinária.

Canários da terra foram localizados em uma casa no Bairro Santa Antonieta II em Marília — Foto: Polícia Ambiental/Divulgação

Canários da terra foram localizados em uma casa no Bairro Santa Antonieta II em Marília

No sábado (8), a Polícia Ambiental já havia localizado dois canários da terra em uma casa no Bairro Santa Antonieta II. Elas estavam em cativeiro irregular e não tinham anilhas de identificação, informou a equipe.

De acordo com a Polícia Ambiental, o proprietário recebeu uma multa de R$ 1 mil e as aves foram levadas para um veterinário.

FONTE: G1

Compartilhe