Compartilhe

Um adolescente foi apreendido e outros três jovens conseguiram fugir, mas foram identificados

 

jornal da comarca policia
Drogas, dinheiro e objetos foram apreendidos pela polícia

A Polícia Militar realizou na terça-feira duas ações que resultaram na apreensão de 1,3 quilos de drogas na região do bairro São José. As ocorrências de repressão ao tráfico, que resultaram em grandes prejuízos aos infratores, foram realizadas em atendimento a denúncias feitas pela população. Em um dos casos, um adolescente de 17 anos foi apreendido comercializando pinos de cocaína. Em outra operação, que resultou na localização de porções de maconha e crack, três traficantes conseguiram fugir, mas foram identificados e tiveram seus nomes registrados junto à Polícia Civil, que fará a apuração dos casos.

A primeira ocorrência foi registrada por volta das 15 horas, quando policiais militares foram até a Rua João Flausino da Silva, no conjunto Albino Rainho, para apurar denúncia de que um adolescente de 17 anos fazia tráfico no local. Os PMs observaram que o menor estava no quintal de uma residência, onde foi abordado e confirmado que tinha no bolso 16 pinos de cocaína, quatro pedras de crack e R$ 97,50 em dinheiro trocado. O adolescente confessou o ato infracional e disse que, em sua residência, na Rua Salvador Ricci, estavam outras porções de droga.

A polícia foi até a casa do adolescente e, sob o colchão de sua cama foram encontraras outros 108 pinos de cocaína. A droga, que totalizou 106,01 gramas, foi apresentada na Delegacia da Polícia Civil para o registro da ocorrência, em que o menor disse que realizava o tráfico sem que seus familiares soubessem. Com passagens anteriores por atos infracionais, ele foi levado para a Cadeia de Lutécia e o delegado Giovani Bertinatti solicitou ao Judiciário que seja internado na Fundação Casa devido à reincidência e à gravidade do delito.

 

jornal da comarca polícia
Pinos eram comercializados por jovem de 17 anos

Por volta das 20 horas de terça-feira, outra ocorrência mobilizou ao polícia de Palmital, quando uma equipe do 2º Pelotão esteve numa casa na Rua Roberto Ronqui, no conjunto Miguel Huertas (CDHU) para averiguar outra denúncia de que três jovens realizavam tráfico. Quando se aproximaram, os PMs foram vistos por cima do muro por um dos integrantes do bando que gritou “corre que é a polícia”. Em seguida, os policiais avistaram três rapazes fugindo pelos fundos do imóvel e conseguiram reconhecer dois deles devido a outras ocorrências em que foram presos.

Na fuga, os rapazes dispensaram uma bolsa com duas porções grandes de maconhas e 90 trouxinhas já embaladas para venda, totalizando 1.122,39 gramas. Também havia uma carteira com documentos, possibilitando a identificação do terceiro integrante do grupo, além de R$ 82,00 em dinheiro. Os policiais fizeram vistorias na casa e encontraram outras cinco porções grandes da erva, que pesaram 129,33 gramas, além de rolos de filme plástico para embalagem, uma balança de precisão um relógio, uma gargantilha de aço e R$ 121,70 em moedas. A droga foi apresentada na Delegacia da Polícia Civil.

Compartilhe

Deixe uma resposta