Polícia Civil de Palmital incinera drogas apreendidas na Raposo Tavares
Compartilhe

A Polícia Civil realizou na sexta-feira passada (21/05) a incineração de mais de meia tonelada de drogas que foram apreendidas na Raposo Tavares, em Palmital. A destruição dos entorpecentes foi autorizada pela Justiça da Comarca.

As drogas foram levadas até a Destilaria Tirolli, localizada na Fazenda São Joaquim, na Água da Espanholada, em operação que contou com policiais da Delegacia de Palmital e de unidades subordinadas à Delegacia Seccional de Assis. O procedimento foi comandado pelo delegado Mateus Silva, com acompanhamento da equipe de Vigilância em Saúde da Prefeitura e da Polícia Científica.

Após a conferência dos entorpecentes, houve a incineração na caldeira da destilaria. No total, foram destruídos 531,58 quilos de drogas, que estavam divididos em 301 tijolos de cocaína (326,78 quilos) e 200 tabletes de crack (204,80 quilos). A carga havia sido apreendida na tarde de quarta-feira passada durante operação da Polícia Rodoviária.

O flagrante ocorreu durante abordagem a um caminhão Scania, com placas de Guaíra (PR), no quilômetro 418, nas proximidades do trevo que dá acesso à Nelson Leopoldino e à cidade de Palmital. Um motorista de 34 anos foi preso e confessou que lavava a droga de Terra Roxa (PR), na área de divisa com o Paraguai, para a cidade de Guarulhos. Ele disse que receberia R$ 20 mil pelo serviço.

De acordo com o delegado Mateus Silva, as incinerações foram realizadas para evitar que as substâncias ficassem armazenadas na Delegacia Civil de Palmital. Somente as porções de cocaína e crack, informou, foram avaliadas em aproximadamente R$ 5 milhões.

Compartilhe

Deixe uma resposta