Polícia Civil inicia atendimento na nova Delegacia de Palmital
Compartilhe

A Polícia Civil iniciou nesta quinta-feira (22/08) os serviços na nova Delegacia de Palmital. O prédio conta com padrão moderno e instalações adequadas ao atendimento ao público, inclusive com acessibilidade e dispositivos para atender às pessoas com deficiências. O projeto, que recebeu investimento de R$ 2,4 milhões do governo do Estado, ainda deverá ser inaugurado em data a ser anunciada pela Secretaria de Segurança Pública.

 

Durante a quarta-feira, a equipe da Polícia Civil fez a transferência de documentos e contou com apoio de funcionários da Prefeitura para fazer a transferência de equipamentos para as novas instalações. Um prestador de serviço também realizou a instalação das redes de dados para possibilitar o registro de ocorrências e outros serviços referentes a inquéritos e investigações realizados em Palmital.

 

Segundo o delegado Giovani Bertinatti, ainda faltam alguns detalhes para que as instalações estejam 100% operacionais. Contudo ele destacou que o novo prédio garantirá melhores condições de trabalho aos policiais, bem como ofereceram mais conforto para o atendimento à população de Palmital. O chefe da Polícia Civil também anunciou que a delegacia passará a ter um novo horário de atendimento ao público a partir da próxima segunda-feira, 26 de agosto.

 

Segundo Bertinatti, o expediente ocorrerá nos períodos das 9 às 12 horas e das 13 às 18 horas. Não haverá redução no tempo, informou, pois apenas o intervalo foi reduzido em uma hora para possibilitar que pessoas também possam procurar os serviços da Delegacia de Palmital durante o período do almoço. Ele destacou ainda que as ocorrências à noite e nos finais de semana ficarão a cargo do Plantão Regional em Assis, que atende pelo número (18) 3209-1030.

INSTALAÇÕES – A nova delegacia, no cruzamento das ruas João Moreira da Silva com Santos Dumont, tem 780 m² de área construída. As instalações substituíram a antiga sede da Polícia Civil, que foi inaugurada em 1958 e apresentava problemas estruturais, além de um histórico de fugas ocorridas na Cadeia Pública desativada. As obras do novo prédio foram iniciadas em março de 2018 e concluídas no primeiro semestre de 2019.

 

O prédio tem um amplo saguão, onde o público pode ficar confortavelmente acomodado para aguardar os serviços de identificação (RG) e registro de boletins de ocorrência. Na ala à esquerda da entrada, há salas para lavratura de flagrantes e acomodação de vítimas de crimes. No eixo central, estão os gabinetes para o delegado titular e o assistente, que possuem banheiros privativos e cômodo para descanso, além de jardins internos.

Na ala lateral direita, estão as quatro salas para cartórios, arquivo e almoxarifado, além dos conjuntos sanitários masculino e feminino adaptados a pessoas com deficiência. O prédio possui sala da investigação, depósito de armas e espaços para perícia, interrogatório, reserva de armamentos, além de um anexo de depósito para itens apreendidos.

 

A nova delegacia possui ainda um setor para reconhecimento de autores de crimes, com sala protegida para testemunhas e vítimas. Na parte dos fundos estão um estacionamento com jardim e uma ala de segurança com quatro celas para acomodação de presos temporários (feminina, masculina, juvenil e adaptada para portadores de necessidades especiais), todas com conjunto sanitário.

Compartilhe

Deixe uma resposta