Polícia confirma morte de estudante no rio Pary-Veado
Compartilhe
Iago Eduardo de Souza Carvalho tinha de 20 anos

 

Registros da Polícia Civil confirmam que o corpo localizado na tarde desta terça-feira (28/05) no rio Pary-Veado, em Platina, é do estudante Iago Eduardo de Souza Carvalho, de 20 anos. O cadáver estava nas proximidades da ponte de entrada da cidade de Platina e da praça do Cristo. O jovem, que foi reconhecido pela família, estava desaparecido desde o início deste mês, conforme queixa prestada pela família à Polícia Civil, que registrou a localização do cadáver e deverá apurar as causas da morte.

Por volta das 16h30, o corpo foi encontrado a cerca de 150 metros da ponte de entrada da cidade, rio abaixo, próximo à cachoeira da propriedade da família Bittencourt. O genro de um funcionário da Prefeitura de Platina que fazia serviço na área de lazer do rio, estava pescando mais adiante e percebeu o volume boiando. Ele chamou o sobro, que acionou a Polícia Militar.

O corpo estava em avançado estado de decomposição, o que dificultava a identificação da fisionomia da pessoa morta, que era do sexo masculino. O caso mobilizou equipes da Polícia Militar, que preservaram o local e garantiram a segurança do grande número de pessoas que se aglomerou na via de entrada da cidade, e do Corpo de Bombeiros, que fez a retirada do cadáver do rio.

A Polícia Civil também registrou o caso para realizar perícia no local, encaminhando o corpo ao Instituto Médico Legal (IML) de Assis, onde foi submetido a necropsia. De acordo com registros da Polícia Civil, o aposentado José de Souza Carvalho Filho, de 61 anos, esteve no local para acompanhar os trabalhos da polícia e reconheceu o corpo como sendo de seu filho, que estava usando shorts verde e camiseta escura.
O jovem desapareceu no dia 6 de maio e a família havia registrado o caso na Delegacia de Platina, cuja equipe já estava investigando o caso e deverá continuar os trabalhos para apontar as causas da morte. Até o fechamento desta matéria, por volta das 9 horas, o corpo ainda estava no IML e, assim que for liberado deverá ser encaminhado para Platina. Não está previsto velório, segundo informações da família, fazendo com que o sepultamento ocorra ainda na manhã desta quarta-feira no Cemitério Municipal.

Compartilhe

Deixe uma resposta