Polícia Federal encontra R$ 100 mil em Reais, Dólares e Euros no guarda-roupas da desembargadora

A Polícia Federal apreendeu R$ 100 mil em dinheiro vivo no guarda-roupas da desembargadora Maria do Socorro Barreto Santiago, ex-presidente e atual 2.ª vice-presidente do Tribunal de Justiça da Bahia, presa nesta sexta, 29, na Operação Joia da Coroa, segunda fase da Operação Faroeste, que investiga suposto esquema de venda de sentenças judiciais em processos de grilagem de 800 mil hectares de terras no oeste do Estado.

A apreensão ocorreu na primeira etapa da investigação, deflagrada dia 7. Além de R$ 56,5 mil, os federais confiscaram 9.050 euros e, ainda, 200 dólares em espécie – a conversão soma R$ 100 mil, pela cotação do euro a R$ 4,67 e o dólar a R$ 4,21.

No quarto da magistrada, os agentes encontraram, também, obras de arte e um ‘grande estojo’ com três relógios Rolex, colar de ouro, anéis, brincos e outros colares.

Segundo a PF, Maturino seria o idealizador do esquema de grilagem e da ‘teia de corrupção’ instalada no Tribunal de Justiça da Bahia – seus advogados negam enfaticamente a prática de ilícitos.

Tribunal de Justiça do Estado da Bahia

 

FONTE: TopBuzz.com

Compartilhe
Fechar Menu
Não Permitido Cópia