Compartilhe

Vítima de 85 anos foi ameaçada e coagida a entregar pertences, fornecer dados pessoais e realizar transferências financeiras. No veículo, foi encontrada uma bolsa com diversas joias e semijoias em ouro, além de 1.260 euros.

Equipe do Tático Ostensivo Rodoviário (TOR) prendeu, em flagrante, na madrugada desta quinta-feira (24), duas pessoas acusadas de extorsão contra uma idosa de 85 anos em Santa Cruz do Rio Pardo (SP).

Os policiais fizeram a abordagem a um táxi com placas de São Paulo, ocupado pelo motorista e outro homem, de 23 anos, no pedágio de Santa Cruz do Rio Pardo, localizado na rodovia João Cabral de Melo Renó (SP-225), por volta das 2h.

De acordo com informações da ocorrência, o passageiro, que estava no banco traseiro, demostrou grande nervosismo, o que motivou uma busca no interior do veículo. Foi localizada uma bolsa com diversas joias e semijoias em ouro, além de 1.260 euros.

O passageiro disse que foi contratado por R$ 200 para ir até Santa Cruz para buscar os produtos, mas passou informações contraditórias. O motorista concordou em se dirigir com os policiais até o endereço visitado por eles momentos antes.

No local, uma residência localizada em área nobre da cidade, os policiais tocaram o interfone e constataram a presença da idosa ainda bastante assustada. Os policiais entraram em contato com a filha da idosa e foi constatado que a vítima vinha sendo extorquida por golpistas supostamente de São Paulo.

A vítima foi coagida a passar informações pessoais, dados de cartões bancários e realizar transferências financeiras. Ela também teria sido obrigada a entregar pertences no portão de sua casa para pessoas desconhecidas.

Os criminosos, segundo os policiais, ameaçavam a idosa de sequestro e afirmavam que iriam matar sua filha caso as exigências não fossem atendidas. A dupla foi apresentada na Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Ourinhos (SP) e indiciada por extorsão e envolvimento com organização criminosa.

Fonte: g1

Compartilhe

Deixe um comentário