Políticos sensíveis
Compartilhe

Como já foi citado em outras ocasiões neste espaço de opinião, o período eleitoral causa profunda transformação do meio político e principalmente nos políticos, que se tornam mais dinâmicos, populares, atenciosos, amigos e, principalmente, muito voluntariosos, sempre dispostos a ajudar e a atender a todos os pedidos. É o milagre da transformação do indivíduo pelo desejo da eleição ou da reeleição. Entretanto, as mesmas campanhas que tornam o candidato amável, educado e respeitoso, também faz dele um ser muito preocupado e sensível, até com exageros de melindres e cuidados desnecessários.

Uma das grandes preocupações dos políticos as vésperas do julgamento popular pelo voto, que é secreto, e portanto duvidoso, são as informações que circulam a seu respeito. Todos buscam controle sobre fatos relacionados aos seus trabalhos, ao passado, à capacidade, competência e seus defeitos, pois o desejo é que haja controle sobre todas as situações e que cada dúvida ou questionamento sejam respondidos de imediato, de forma definitiva e com muito convencimento. Com apoio de marqueteiros e de correligionários, tentam controlar as informações, para que todas lhes sejam favoráveis.

Leia a coluna completa na versão impressa do JC.

Compartilhe

Deixe uma resposta