Postos do Poupatempo de cidades na fase vermelha suspendem atendimento presencial
Compartilhe

No centro-oeste paulista, nove cidades têm unidades fechadas; nos municípios da fase laranja funcionamento será de segunda a sexta, mediante agendamento. Canais digitais oferecem mais de 120 serviços online.

Os postos do Poupatempo localizados em cidades que se encontram na fase vermelha do Plano São Paulo, a mais restritiva de todas, suspenderam os atendimentos presenciais a partir desta segunda-feira (25).

No centro-oeste paulista, estão nesta situação nove cidades das regiões de Bauru e Marília (SP) que ficaram na fase vermelha na reclassificação anunciada no último dia 22 pelo governo do Estado. São elas:

  • Assis
  • Bauru
  • Botucatu
  • Jaú
  • Lençóis Paulista
  • Lins
  • Marília
  • Ourinhos
  • Tupã

Nestas cidades, os agendamentos já realizados a partir desta segunda-feira estarão automaticamente cancelados.

Já os postos instalados em cidades que estão na fase laranja permanecerão funcionando mediante agendamento, com capacidade reduzida e seguindo os protocolos sanitários definidos pelo plano estadual.

Por isso, o atendimento acontecerá de segunda a sexta-feira, no horário habitual de cada unidade, mas deixará de ser oferecido aos sábados (30/1 e 6/2), dias em que todo o Estado estará na fase vermelha.

No centro-oeste paulista, quatro cidades que pertencem ao Departamento Regional de Saúde (DRS) de Araraquara estão na fase laranja: Tabatinga. Ibitinga, Itápolis e Borborema.

Poupatempo oferece serviços online após suspensão de atendimento presencial

Pela internet

Para as cidades que terão suas unidades fechadas, os moradores poderão acessar o portal do Poupatempo ou o aplicativo Poupatempo Digital, que oferecem mais de 120 opções de serviços online, que podem ser feitos de casa, 24 horas por dia, todos os dias por semana.

Entre os serviços digitais mais solicitados, estão renovação e segunda via de CNH, licenciamento e transferência de veículo, Atestado de Antecedentes Criminais e Carteira de Trabalho.

Fonte: G1

Compartilhe

Deixe uma resposta