Prefeito de Ibirarema contesta registro de morte suspeita de Covid-19 na Santa Casa de Ourinhos
Compartilhe

Prefeito Thiago Briganó emitiu uma nota de esclarecimento e passou detalhes da situação da paciente, que seria tetraplégica e vivia há 27 anos numa cama de hospital e faleceu nesta semana.

 

O prefeito de Ibirarema, Thiago Briganó (PSDB), contestou através de uma nota publicada em sua página no Facebook, o registo de morte suspeita de Covid-19, divulgado pela Santa Casa de Misericórdia de Ourinhos, na quarta-feira (13/05), de uma paciente do seu município.

 

O óbito ganhou repercussão após a divulgação do boletim diário divulgado pela Santa Casa, que não passou detalhes sobre a paciente, apenas informando que ela seria do município de Ibirarema e era um caso suspeito de Covid-19.

 

Thiago Briganó então emitiu um esclarecimento, onde destaca que a paciente que faleceu no hospital em Ourinhos, seria tetraplégica, com lesão cerebral grave e vivia há 27 anos numa cama de hospital. A paciente teria testado negativo para Covid-19, através de um teste rápido, porém mesmo assim, o prefeito foi obrigado a seguir o protocolo estadual e proibindo a realização do velório da mulher, que teve que ser sepultada com caixão lacrado, já que foi classificada como caso suspeito.

Fone: Passando a Régua

 

Confira a nota divulgada pelo prefeito de Ibirarema:

 

Compartilhe

Este post tem um comentário

  1. Anônimo

    Parabéns prefeito”todas pessoas ou politicos que não são ladrões ,e assim mesmo”contestas tudo o que é errado,e você está de parabéns,e politico assim que precisamos nesse país ,de povo sofrido e trabalhador.parabéns. parabéns e parabéns,Deus abençõe você e sua Cidade.

Deixe uma resposta