Prefeitura descarta uma notificação e Palmital fica com apenas um caso suspeito de coronavírus
Compartilhe

A Secretaria de Saúde da Prefeitura de Palmital divulgou nesta quarta-feira (08/04) um novo Boletim Epidemiológico sobre o coronavírus e informou que descartou um caso que havia sido notificado pela Vigilância Epidemiológica no final do mês de março. Com isto, o município segue apenas com uma ocorrência suspeita, cuja paciente idosa necessitou de hospitalização devido aos problemas respiratórios e está em recuperação em hospital de Marília.

 

O caso descartado é de uma paciente jovem que havia sido atendida no dia 28 de março. Sem a necessidade de internação, ela não foi submetida a exames para constatação do coronavírus. A paciente, na faixa etária dos 20 a 30 anos, teria apresentado problemas respiratórios após retornar de uma viagem a São Paulo, além de possuir histórico de “doença de base” que aumentava os riscos à saúde. Com não apresentou evolução do quadro e se recuperou bem, foi descartado o covid-19.

 

Na quinta-feira da semana passada (02/04), houve uma segunda notificação para a doença de uma paciente idosa, entre 70 e 80 anos, que foi internada na Santa Casa de Palmital, onde passou por exames e necessitou de uso de oxigênio por cateter, sem ser entubada. Na madrugada seguinte (03/04), foi encaminhada ao Hospital das Clínicas de Marília, onde continua internada. Segundo a Secretaria de Saúde, ele está se recuperando e ainda não há laudo para comprovar ou descartar o covid-19.

 

O balanço epidemiológico divulgado pela Prefeitura mostrou que 15 pessoas estão em monitoramento depois que tiveram contato com pacientes suspeitos ou estavam em localidades de risco quando chegaram à cidade. Outras 54 ocorrências foram descartadas. As pessoas em situação de monitoramento ficam em casa por 14 dias (tempo estimado para incubação do vírus) e, caso não haja nenhum sintoma, estão liberadas.

Compartilhe

Deixe uma resposta