• Post category:Saúde
Secretaria de Saúde atualiza dados e confirma 174 casos de dengue; notificações chegam a 654
Compartilhe

A Secretaria de Saúde divulgou na manhã desta quarta-feira (12/02) a atualização dos dados da epidemia de dengue em Palmital. De acordo com o órgão municipal, o número de notificação chegou a 654 para o período de 1º a 11 de janeiro (terça-feira). Os resultados laboratoriais recebidos pela Prefeitura confirmaram 174 casos de pessoas vitimadas pela e 55 negativos.

 

Devido ao grande número de notificações, que demandou a mobilização da administração municipal desde janeiro para a intensificação dos trabalhos de combate ao Aedes aegypti, ainda há pacientes que aguardam para fazer os exames de sangue solicitados pela Secretaria de Saúde ou aguardam os laudos da sorologia que é feita pelo Instituto Adolf Lutz de Marília para confirmar ou descartar a doença.

 

As notificações para investigação da doença são de pacientes atendidos em todas as unidades básicas, principalmente na região do São José, e no Pronto-Socorro. Desde que os casos começaram a aumentar no início do ano, as equipes de Controle de Endemias e os agentes comunitários do programa Estratégia Saúde da Família (ESF) estão empenhados no bloqueio a criadouros e na orientação da população para manter residências, quintais, terrenos e outros imóveis livres de focos do mosquito transmissor.

 

As equipes visitam domicílios para orientação da população, pedindo a colaboração para evitar os focos do mosquito, e fazem a remoção de criadouros. Um novo Mutirão da Limpeza com a participação das equipes das secretarias de Obras e Agricultura, foi lançado na semana passada para coletar o entulho depositado nas ruas por moradores que fizeram a retirada de lixo e recipientes que possam acumular água de terrenos e residências.

 

A equipe de Controle de Endemias também está fazendo visitas a imóveis para bloqueio a criadouros e a nebulização com inseticida para combater o mosquito adulto, visando reduzir a transmissão. O trabalho já foi concluído nos bairros Afonso Negrão e Jardim Paulista, além dos conjuntos habitacionais Waldyr Faro e Albino Rainho. Porém, o trabalho teve de ser suspenso devido às chuvas do início da semana.

 

Nesta quarta-feira, após uma ação de visitas para a erradicação de criadouros, a equipe de Controle de Endemias reiniciou a nebulização atendendo uma área do bairro São José, cobrindo o perímetro entre as ruas Uruguai, São Paulo, Estados Unidos e Joaquim Amâncio Ferreira.

 

Posteriormente, os trabalhos devem seguir para a região do conjunto habitacional Miguel Huertas. A Secretaria de Saúde prevê que, até a próxima semana, as ações de bloqueio e erradicação do mosquito transmissor da dengue cheguem à Vila Mazeto, que também tem um grande número de pacientes vitimados pela doença.

 

DADOS – O trabalho de combate ao mosquito transmissor e de orientação à população tem o objetivo de evitar uma situação mais grave que a de 2015, quando mais de 600 pessoas foram infectadas pela dengue em Palmital. O volume de ocorrências registrado durante os primeiros 40 dias de 2020 é muito superior às estatísticas da doença apuradas no ano passado. Segundo a Secretaria de Saúde, houve 277 notificações e 80 casos confirmados em 2019.

Compartilhe