Semana começa quente no Estado de São Paulo; Palmital e região podem ter até 40° C
Compartilhe

A semana começa com a atuação de uma massa de ar seco e quente sobre o Sudeste do Brasil, que inclui o Estado de São Paulo, mas ao longo da semana o tempo vai mudar em algumas áreas com o avanço de uma nova frente fria.

 CALOR E AR SECO

A segunda-feira (20/09) vai ser um dia marcado por bastante sol e calor na maior parte do Sudeste. As temperaturas sobem rapidamente e as máximas vão ficar bastante elevadas. Na capital São Paulo, a máxima fica em torno dos 34°C.  Pelo interior do Estado, valores de 35 a 39°C devem ser registrados.

 O IPMet/Unesp de Bauru prevê que as temperaturas em Palmital e região devam chegar a 39° C nesta segunda-feira (20/09). Na terça-feira (21/09), os termômetros devem chegar à marca de 40° C. O índice máximo deve cair muito a partir de quarta-feira (22/09), quando a máxima deve se de apenas 28° C.

As temperaturas, conforme os meteorologistas, seguem em elevação até o próximo final de semana. O interior do Estado de SP também segue em atenção devido ao calor intenso e o ar extremamente seco. O risco de queimadas permanece elevado.

NOVA FRENTE FRIA AVANÇA

Uma nova frente fria, associada a um ciclone extratropical, avança pelo Sudeste na terça-feira (21/09). Este sistema já vai aumentar a quantidade de nuvens no sul e leste de São Paulo e também no Rio de Janeiro. O litoral paulista segue o dia com bastante nebulosidade e a chuva acontece a partir da tarde.

O sol ainda aparece e esquenta bastante em regiões como a Grande SP, Sorocaba, Itapetininga, Campinas, Vale do Paraíba e o Grande Rio, mas voltam as condições para pancadas isoladas de chuva. Em geral, a chuva acontece a partir da tarde, mas em muitas cidades a chuva só deve chegar à noite, como é o caso das capitais São Paulo e Rio de Janeiro.

AR MAIS ÚMIDO E FRIO

Entre quarta (22/09) e quinta-feira (23/09), a umidade fica mais elevada e as temperaturas diminuem. Não há condições para frio intenso, mas o calor vai diminuir bastante e a sensação volta a ser de um pouco de frio em algumas regiões. A chuva chega também ao sul e leste do estado de Minas Gerais e ao Espírito Santo.

A passagem dessa frente fria não vai trazer grandes volumes de chuva que sejam capazes de reverter a seca no interior da Região. Os volumes também não são expressivos para a agricultura e para o abastecimento dos reservatórios. Mas, de qualquer forma, ajuda a limpar um pouco a atmosfera. A chuva e o vento vão auxiliar na dispersão dos poluentes sobre a faixa leste do Sudeste, com isso a qualidade do ar fica melhor em relação aos dias extremamente quentes e secos.

Fonte: Climatempo

Compartilhe

Deixe uma resposta