Compartilhe

Equipe do Pelotão de Assis realizou patrulhamento na zona rural e encontrou homem com espingarda de caça, que foi autuado em flagrante na CPJ

 

Um homem foi preso na terça-feira pela Polícia Militar Ambiental em Campos Novos Paulista devido a porte ilegal de arma e infração ambiental relativa a caça de animais silvestres, proibida pela legislação brasileira. A ação ocorreu durante trabalho de fiscalização realizado por equipe do 2º Pelotão Operacional de Assis, que realizava patrulhamento rural pelo município.

Os policiais abordaram uma motociclista trafegando em um local que é propício para caça. Ele portava uma mochila de lona que continha uma espingarda calibre .36, da marca Rossi, além de sete munições intactas do mesmo calibre, duas lanternas, uma faca e um apito que serve para atrair animais silvestres. O acusado confessou o crime e informou que também não possuía autorização para caça e nem registro da arma de fogo.

Diante da irregularidade, o caçador recebeu voz de prisão e foi encaminhado à Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Assis, onde foi autuado por porte ilegal de arma de fogo de uso permitido. Ele pagou fiança e foi liberado para responder ao processo em liberdade. Em âmbito administrativo, recebeu multa por Infração Ambiental de advertência, por “caçar espécimes da fauna silvestre nativa sem a devida autorização”,

A Polícia Militar Ambiental tem diversos canais para receber denúncias e informações que levem à identificação de situações danosas e crimes contra a fauna e a flora. Na área do 2º Batalhão, os contatos podem ser feitos por meio dos telefones 0800-0555-190, 181 (Disque Denúncia), EMERGÊNCIA 190, ou ainda diretamente às unidades da Polícia Ambiental pelos telefones de Marilia (14) 3592-1200, Tupã (14) 3496.5884, Assis (18) 3302-3450 e Ourinhos (14) 3322.3077.

Compartilhe

Deixe uma resposta