Andarilho morre atropelado em rodovia de Palmital e motorista foge sem prestar socorro
Compartilhe

Um andarilho morreu atropelado na madrugada desta quarta-feira (08/04) na rodovia Nelson Leopoldino, em Palmital. Ele foi a óbito depois de ser atingido por um veículo ainda não identificado, cujo motorista fugiu sem prestar socorro. O corpo do paranaense Walmir da Silva, de 39 anos, que teria sido atendido por uma equipe da PM horas antes do acidente, foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Assis e até esta manhã não havia sido reclamado para sepultamento.

 

De acordo com registros de ocorrência, um motorista que passava pela Nelson Leopoldino acionou a Polícia Rodoviária por volta das 2h30 e informou que havia um homem caído na altura do quilômetro 14, no trecho entre a fábrica de tintas e o Clube Panela. Os policiais foram até o local e encontraram o corpo no acostamento. A Polícia Civil enviou equipe de perícia ao local e constatou que o atropelamento ocorreu sobre pista no sentido Palmital/Paraná.

 

Como a vítima não portava nenhum documento ou pertence pessoal, a identificação provisória ocorreu por meio de um registro efetuado pela Polícia Militar de Palmital. Por volta das 20 horas de terça-feira (07/04), uma equipe foi até a rodovia depois de receber informação que uma pessoa estaria gritando por socorro nas proximidades do local do acidente.

 

Como não houve a constatação de nenhuma ilegalidade ou ferimentos no homem, houve apenas a qualificação do homem que mais tarde morreria atropelado na rodovia. Ele não apresentou documentos, mas informou que se chamava Walmir da Silva e era filho de Adeni Caetano, sendo natural de Ribeirão dos Pinhais (PR) e nascido em 2 de dezembro de 1980.

 

Walmir foi encaminhado ao IML de Assis para necropsia. Até a manhã desta quarta-feira, nenhum familiar havia sido localizado ou havia procurado a polícia para reclamar o corpo. A Polícia Civil de Palmital vai apurar o caso para identificar o motorista envolvido no acidente, que deverá ser enquadrado por homicídio na condução de veículo e por fuga do local de acidente.

Compartilhe

Deixe uma resposta