• Post category:Rapidinhas
Compartilhe

COMÍCIO UNIVERSITÁRIO

A visita à Unesp de Assis, na segunda-feira, do vereador de São Paulo e candidato a senador do PT derrotado, o rapper e cantor Eduardo Suplicy, não passou de ato político. Sob pretexto de palestra sobre o projeto “Renda Mínima”, que ele prega há quase 40 anos, aconteceu manifestação de apoio ao candidato Haddad e de repúdio a Bolsonaro. Até o telão da entidade pública foi usado para projetar o ELENÃO. Ninguém viu.

 GUERRA DOS VOTOS

Os políticos das cidades disputam votos em eleições municipais e também nas eleições gerais, pois cada um quer seu candidato mais votado. Em Palmital, não houve muitas mudanças, com Bragato mantendo a liderança, seguido de Quinteiro, como novidade, e depois Ricardo Madalena. Na eleição passada, os estaduais mais votados foram Bragato, Capez e Madalena. Quase nada mudou.

 SURPRESA DE FARDA

Bolsonaro obteve 59% dos votos nos quatro municípios da Comarca e a surpresa foi o deputado federal Capitão Augusto, de Ourinhos, que liderou em duas das quatro cidades, com diferenças significativas. Em Palmital, ele foi primeiro com 12,8% dos votos, assim como em Ibirarema, onde alcançou incríveis 37%. Ele foi o segundo mais votado em Campos Novos (14,3%) e Platina (16,7%). É a eleição da farda.

DITO E FEITO

Antes das eleições, foi dito nesta coluna que o lançamento de dois candidatos em Assis servia apenas aos interesses dos políticos da cidade, para um atrapalhar o outro. Fechadas as urnas, o candidato a deputado estadual Fernando Quinteiro soma mais de 30 mil votos, faltando cerca de 10 mil para ser eleito. Márcio Veterinário ficou com outros 12 mil, que seriam suficientes para eleger Quinteiro. É o desinteresse público.

PEDÁGIO SEM FESTA

Desde segunda-feira, estão funcionando mais dois pedágios na região, ambos na SP-333, entre o Paraná e Marília. As praças estão prontas há meses, mas devido às campanhas eleitorais o governador candidato adiou a inauguração, que aconteceu à meia noite, sem pompa ou circunstância. Para ir a Marília e voltar, o motorista gasta R$ 10,60. A Londrina, ida e volta, chega a R$ 57,80. Boa viagem.

 SUGESTÃO DO JC

Parece que a concessionária leu editorais do JC sugerindo desconto na tarifa para quem usa o sistema eletrônico, o Sem Parar. A redução é mínima, de apenas 5% do valor cheio, mas é um começo, pois o próximo passo deve ser o de isentar os usuários da mensalidade do serviço que serve para que as empresas economizem muito com funcionários e seguranças. Que nossos políticos adotem a causa.

TEMPORADA DE CAÇA

Depois de longo período de calmaria, parece que recomeçou a temporada de caça a vereadores na Comarca. O último caso foi o de Gil Guerreiro, em Campos Novos, em 2012. Agora, são dois processos em andamento: um em Ibirarema, contra o vereador Sargento Pedro, e outro em Palmital, contra o vereador Homerinho. O que se sabe é que os resultados são imprevisíveis, seja pelo voto ou na Justiça.

 NOVA PERDA

Morreu esta semana o quarto componente fixo do famoso conjunto musical Os Atuais, que nos anos de 1960 embalou festas e bailes em eventos e clubes sociais e tocou em emissora de TV do Paraná. Depois de Zézinho Carabina, do Lazinho Cardoso e de Dirceu Gonçalves, quem nos deixa é José Aparecido Ferreira, o Spainer, sepultado na quarta-feira, em Londrina. Acaba o sonho de reunir o grupo.

Compartilhe

Deixe uma resposta