Compartilhe

Um agricultor de 57 anos compareceu à Delegacia da Polícia Civil de Palmital na manhã de segunda-feira (25/04) para prestar queixa do furto de agrotóxicos em seu sítio localizado na Água do Palmitalzinho. A vítima informou que também foram levados equipamentos da propriedade rural, causando um prejuízo estimado em R$ 8 mil.

De acordo com os registros policiais, o furto ocorreu no domingo (24/04), em horário que o agricultor não soube precisar. A vítima informou que o sítio foi invadido por ladrões que arrombaram a porta da casa e cortaram um cadeado para ter acesso ao depósito do imóvel, onde estavam armazenados os sacos de agrotóxico e equipamentos.

O agricultor informou que foram levados 45 quilos de herbicida que ele havia comprado em 4 de fevereiro pelo valor de R$ 5,1 mil e estava armazenado para utilização posterior na propriedade. Segundo a vítima, também foram lavados uma descarga de banheiro, um esmeril e um engenho manual para moer cana-de-açúcar. Durante o registro da ocorrência, que possibilita a investigação da autoria pela Polícia Civil, o agricultor disse que não havia ninguém na propriedade pelo fato do caseiro que residia no local ter ido embora no dia que antecedeu ao furto. A vítima também informou que não havia testemunhas nem câmeras de monitoramento no local.

Compartilhe

Deixe um comentário