Bar promove aglomeração de torcedores durante final do Paulistão em Marília;
Compartilhe

Fiscais da prefeitura estiveram no comércio e orientaram proprietário a esvaziar o local. Comemoração também gerou aglomerações em Bauru e Lençóis Paulista (SP).

Torcedores do Palmeiras e Corinthians se reuniram em um bar na Avenida das Esmeraldas, em Marília (SP), para assistir à final do Campeonato Paulista na tarde deste sábado (8).

O clássico promoveu uma aglomeração de pessoas, que descumpriram o distanciamento social necessário para evitar a disseminação da Covid-19.

De acordo com o novo decreto publicado pela prefeitura neste sábado (8), depois que o Departamento Regional de Saúde (DRS) de Marília avançou para a fase amarela do Plano São Paulo, bares e restaurantes podem funcionar com capacidade limitada a 40%.

No entanto, nas imagens é possível ver um grande número de pessoas tomando toda a calçada em frente ao bar e descumprindo o distanciamento social. 

(Clique aqui e veja o vídeo)

Final do Paulista promove aglomeração em cidades do centro-oeste paulista

A prefeitura de Marília informou, por meio da Fiscalização de Posturas do município, que os fiscais estiveram no local e que o proprietário foi orientado para que os torcedores deixassem o local.

Já para dispersar a aglomeração na rua, a prefeitura explicou que foi necessário acionar a Polícia Militar.

Outras aglomerações

Comemoração do título do Palmeiras gerou aglomeração em Bauru — Foto: Arquivo pessoal

Comemoração do título do Palmeiras gerou aglomeração em Bauru — Foto: Arquivo pessoal

O jogo da final e a comemoração do 23º título do Palmeiras também gerou aglomerações em outras cidades do centro-oeste paulista.

Em Bauru, torcedores se reuniram na Avenida Getúlio Vargas. Carros e motos passaram buzinando na avenida e pessoas comemoraram com camisas e bandeiras do Palmeiras, também sem cumprir o distanciamento social. Alguns moradores utilizaram máscaras.

Já em Lençóis Paulista, a torcida do Palmeiras também tomou ruas da cidade. Os moradores se reuniram, sem máscaras, para cantar o hino, vestidos com camisetas e bandeiras do time.

G1 entrou em contato com as prefeituras de Bauru e Lençóis Paulista, mas não obteve retorno até a publicação da reportagem.

FONTE:G1

Compartilhe

Deixe uma resposta