Bebês prematuros ganham ensaio fotográfico de Natal
A pequena Yasmin nasceu com 29 semanas gestacionais, pesando 1.427 kg, na Santa Casa de Misericórdia de Sobral — Foto: Divulgação/Santa Casa de Misericórdia de Sobral
Compartilhe

O Natal deste ano ficará marcado em registros e na memória das mães e de profissionais que cuidam diariamente da recuperação de bebês prematuros, na região Norte do Ceará. Vestidos com fantasias de Papai Noel e bonecos de neve, recém-nascidos internados na UTI Neonatal da Santa Casa de Misericórdia de Sobral ganharam um ensaio fotográfico feito pela própria equipe do hospital com o objetivo de aliviar a angústia das famílias que não puderam levar as crianças para casa no fim de ano.

As roupas e adereços também foram confeccionados por funcionários da UTI e do serviço de Canguru da Maternidade da Santa Casa. Na segunda-feira (16), as mães posaram para as fotos com os pequenos Yasmin Oliveira Borges, de apenas nove dias de vida; e com Felipe e Gustavo de Carvalho Rodrigues, gêmeos que vieram ao mundo há um mês e 10 dias.

“Foi a primeira vez que eu vi ele vestidinho. Foi muito lindo e emocionante”, conta Keiliane Paiva de Carvalho, 25, mãe de Felipe, que nasceu com 27 semanas de idade gestacional e pesando 1 kg, e do irmão gêmeo Gustavo, que ainda respira com a ajuda de aparelhos. Depois da sessão fotográfica, a mãe compartilhou o registro do momento com toda a família. “Ficou todo mundo ligando, dizendo que era a coisa mais linda do mundo”, acrescentou.

Os recém-nascidos que ainda estão recebendo oxigênio receberam tiaras personalizadas, no caso das meninas, e gorrinhos de Papai Noel para os meninos. Todos os bebês tiveram, também, os pezinhos protegidos com meias vermelhas.

 

Exposição

As imagens foram expostas em um mural na entrada da UTI Neonatal II do hospital. Depois que as crianças receberem alta, as mães poderão levar as fotografias para casa, para relembrar e celebrar a experiência.

Além da fofura, o ensaio permite que parentes dos recém-nascidos vivenciem momentos de descontração e alegria, fatores que também ajudam na recuperação das crianças.

“Nosso objetivo é proporcionar mais humanização para as mães que estão acompanhando seus filhos. Para que elas, mesmo longe da família, consigam ter um momento de alegria neste Natal”, ressalta Renides Brasil, coordenadora da UTI Neonatal II.

São considerados prematuros os bebês que nascem antes de 37 semanas de gestação. Por não terem cumprido o período gestacional completo, eles precisam de cuidados especiais de respiração e alimentação.

A Santa Casa de Sobral desenvolve projetos que facilitam a recuperação, como a redeterapia, na qual os bebês mais estáveis são colocados em redes produzidas de acordo com o tamanho de cada um; e a hidroterapia, técnica que relaxa o bebê utilizando a água. Durante períodos que variam de um a dois meses, os recém-nascidos são monitorados nas unidades neonatais do hospital.

Mesmo respirando com a ajuda de aparelhos, o bebê Gustavo virou um 'bonequinho de neve' para o ensaio em hospital do Ceará — Foto: Divulgação/Santa Casa de Misericórdia de Sobral
Mesmo respirando com a ajuda de aparelhos, o bebê Gustavo virou um ‘bonequinho de neve’ para o ensaio em hospital do Ceará — Foto: Divulgação/Santa Casa de Misericórdia de Sobral

 

O recém-nascido Felipe, aconchegado na fantasia de Papai Noel com a mãe, Keiliane Paiva, no Ceará — Foto: Divulgação/Santa Casa de Misericórdia de Sobral
O recém-nascido Felipe, aconchegado na fantasia de Papai Noel com a mãe, Keiliane Paiva, no Ceará — Foto: Divulgação/Santa Casa de Misericórdia de Sobral

 

 

Fonte: G1

Compartilhe