LUZIA POESIA

LUZIA POESIA Morreu Luzia, que pouco vivia Luzia nunca dizia, sempre sorria Luzia jamais andou, não precisou Luzia não vivenciou, apenas sonhou ---- Luzia pouco viveu, deu lição de vida…

A falsa partida

A partida do amor é como um barco Segue aos poucos, em lágrimas de tristeza Na despedida vem a dor como grande fardo Como nau soprada em ventos sem sutileza…