AUTOR DO CRIME FOI PRESO – Cliente intervém em assalto e morre baleado em bar de Palmital

Published: Last Updated on

Um assalto frustrado a um estabelecimento denominado Bar dos Amigos, na rua Melo Peixoto, em frente ao Supermercado Zanetti, resultou na morte de um cliente de 47 anos que tentou intervir durante a ação criminosa. O assaltante chegou logo depois das 21 horas de segunda-feira, 08/01, e adentrou o estabelecimento empunhando uma arma de fogo, ameaçando a proprietária do bar.

O cliente Marcelo José Barbosa, funcionário da loja de materiais para construção MS Bocardo, estava no local e reagiu ao assalto utilizando um pequeno bastão contra o assaltante. Infelizmente, durante o confronto, o assaltante disparou contra Marcelo, ferindo-o gravemente.

O suspeito, descrito como usando boné e máscara de proteção contra a COVID-19, e que foi visto chegando no bar em uma bicicleta vermelha, fugiu do estabelecimento. A vítima foi atendida pelo SAMU e levada para a Santa Casa de Palmital, porém não resistiu aos ferimentos e faleceu.

A polícia, em conjunto com o delegado responsável pelo caso, interditou o local para realização da perícia e está trabalhando ativamente para identificar e capturar o criminoso. Marcelo foi velado no Memorial Aliança e sepultado no Cemitério Municipal de Palmital na tarde de terça-feira, 09/01.

Marcelo Barbosa morreu aos 47 anos

AUTOR DO CRIME É PRESO PELA PM COM APOIO DA PC

A equipe da Polícia Militar que assumiu o serviço nesta terça-feira, 09/01, deu continuidade às diligencias feitas pelo turno da noite no sentido de localizar o autor do crime cometido horas antes, quando Marcelo José Barbosa foi morto dentro de um bar ao intervir em um assalto que estava sendo cometido.

Junto à equipe de investigadores da Polícia Civil, foram recolhidas imagens de câmeras de monitoramento que possibilitaram a identificação do autor do crime, na pessoa de João Pereira Reis Neto, de 26 anos, conhecido nos meios policiais pela prática de crime de homicídio ocorrido em 2015.

Os policiais efetuaram diversas diligencias em vários endereços, sem obter êxito, até que por volta do meio dia a equipe foi acionada, via Copom, para atender denúncia de atitude suspeita, onde supostamente o autor do crime estaria escondido, em endereço no conjunto Albino Rainho.

Os policiais foram até o endereço, onde encontraram o acusado que, questionado sobre os fatos, de imediato afirmou à equipe sobre a prática do crime, alegando que efetuou o disparo de arma de fogo contra Marcelo por que este o teria lhe ameaçado com um pedaço de pau, com o qual o golpeou na cabeça.

Diante do contexto, a equipe deu voz de prisão e conduziu João Pereira Reis Neto até a Delegacia de Polícia Civil, onde ele confessou o crime ao delegado e afirmou que as vestes utilizadas na véspera haviam sido deixadas na residência da genitora no bairro Afonso Negrão e que foram recolhidas pela Polícia Civil.

Entretanto, diante do delegado Mateus Silva, João Pereira negou que tenha anunciado assalto no bar e que apenas se dirigiu ao estabelecimento para tomar alguma coisa, quando teria sido interpelado por Marcelo José Barbosa, que perguntou se ele iria praticar assalto, atacando-o com um porrete de madeira. Continuou o relato afirmando que, diante da agressão que teria sofrido, atingido na cabeça, e, em legítima defesa, sacou a arma que portava, um revolver calibre 22, e atirou contra Marcelo.

Disse também que, quando viu a vítima no chão, pensou em pedir socorro, mas entrou em desespero e saiu com sua bicicleta até a rua das Palmeiras, onde pegou um carro e se dirigiu a Andirá, no Paraná, de onde voltou por volta do meio-dia, a pedido da mãe, e foi abordado pelos policiais. Ele disse ainda que entregou a arma a terceiros, sem informar a quem, e que não pertence a qualquer organização criminosa.

Diante das evidencias, das testemunhas e dos depoimentos, João Neto foi autuado inicialmente pelo crime de latrocínio, em flagrante, e conduzido à Cadeia Pública de Lutécia.

Redação: Jornal da Comarca

Compartilhe

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

destaques da edição impressa

colunistas

Cláudio Pissolito

QUAL O MELHOR PRESENTE PARA PALMITAL NO ANIVERSÁRIO DE 103 ANOS?

Esta votação foi encerrada (since 6 meses).

VOTE NA ENQUETE ABAIXO - ESCOLHA APENAS UMA OPÇÃO

Melhoria na Saúde
35.06%
Melhoria na Segurança
14.34%
Melhoria no Horto Florestal
13.15%
Melhoria do Povo
11.95%
Melhoria na Educação
8.76%
Melhoria nas Estradas Rurais
6.77%
Melhoria na Arborização
3.98%
Melhoria na habitação
3.98%
Melhoria na Assistência Social
1.99%

Foto do Leitor

Envie sua Imagem de fato positivo ou negativo

HORÁRIOS DE ÔNIBUS

Clique na Imagem e Acesse os Horários

TV JC

Temas

Don`t copy text!

Entrar

Cadastrar

Redefinir senha

Digite o seu nome de usuário ou endereço de e-mail, você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.