Deise do tombo arrecada mais de R$ 60 mil para vizinha com câncer em apenas um dia: ‘Estou aqui para ajudar’
Compartilhe

A estudante Deise Gouveia, de 21 anos, viralizou nas redes sociais neste fim de semana após ser gravada rolando escada abaixo na casa de uma vizinha quando voltava de uma festa. Moradora do Complexo do Alemão, na Zona Norte do Rio, a jovem aproveitou a fama repentina para ajudar Ana Paula, a dona da casa onde ocorreu o acidente, após descobrir que a mulher trata um câncer no reto.

Em apenas um dia, Deise conseguiu arrecadar mais de R$ 60 mil para a vizinha com a ajuda de 1.277 apoiadores. A vaquinha não tinha uma meta, mas ultrapassou as expectativas. No Instagram, onde já acumula mais de 300 mil seguidores, a jovem agradeceu as doações e disse que pretende encontrar Ana Paula nesta segunda-feira, para providenciar a compra de alimentos e fraldas.

“Estou aqui para ajudar sempre. Conversei com a Paula hoje e ela está bem, Graças a Deus. Hoje vou anotar tudo que ela precisa e comprar tudo. Vou mostrar no Instagram as notas fiscais, até porque o dinheiro foi ajuda de vocês”, ressaltou Deise.

‘ACHEI QUE ERA PAREDE’

O vídeo estrelado por Deise que virou meme na internet foi registrado por volta de 9h de sábado (05).

“Achei que o lugar onde me apoiei era uma parede. Quem gravou foi a cunhada de uma amiga, mas quem publicou o vídeo nas redes foi uma conhecida. A queda foi muito rápida, quando vi já tinha uma mulher me encarando lá caída. Ela ficou assustada. Morrendo de vergonha, eu saí correndo da casa dela. Só sei que fui dormir depois daquilo e, quando acordei, minhas amigas estavam aqui em casa para me contar que eu estou bombando na internet. Minha mãe ficou brava com isso de início, pensando que eu estava sendo zoada na web. Eu fiquei sem entender nada”, contou.

Depois de o vídeo bombar, ela voltou à casa da vizinha para pedir desculpas e descobriu  o diagnóstico de câncer.

“Quando acordei, minha mãe falou para eu ir lá. Eu já conhecia a Ana Paula de longe, e quando fui à casa dela ela estava no portão, rindo do que aconteceu com outras pessoas. Quando pedi desculpas, ela disse que não precisava. Ela me contou que tem um câncer no reto e que precisa de fralda. Foi quando pensei no que podia fazer para ajudar e criei uma vaquinha on-line para ela.”

Fonte: O Globo

Compartilhe

Deixe uma resposta