Dupla tenta aplicar golpe em idosos de Palmital

Dois homens ainda não identificados pela polícia tentaram praticar golpe contra um casal de aposentados na manhã de quinta-feira (11/04), no centro de Palmital. Os suspeitos se identificaram como agentes de saúde e entraram na casa, onde reside a mulher de 84 anos e o marido, de 94, que está acamado. A abordagem ilegal foi percebida pela cuidadora que trabalha na casa e por uma vizinha, que começaram a questionar a dupla. Um dos envolvidos anotou informações de identidade e dados do cartão bancário da vítima.

 

Segundo informações passadas ao JC por uma representante da Secretaria de Saúde da Prefeitura, que foi até o local minutos depois da tentativa do golpe, os homens chegaram à residência, por volta das 11 horas, se identificando como trabalhadores da equipe de combate à dengue e pediram para falar com o proprietário, citando nome do morador. Quando entraram na casa, um deles portava uma prancheta e pediu os documentos da mulher e anotou os dados de identidade e do cartão bancário que ele usa para receber a aposentadoria.

 

A cuidadora dos idosos, que estava na residência, percebeu a abordagem incomum e chamou uma vizinha, que entrou se identificando como “sobrinha” e passou a questionar o motivo da visita da dupla e a vítima chegou a ligar para o Centro de Saúde para perguntar se haviam enviado algum representante para a visita domiciliar. Os homens apresentaram nervosismo e deram versões desencontradas para a visita à casa, fugindo em seguida em um carro com placas de Bauru.

 

A Polícia Militar esteve no local para registrar a ocorrência, que será encaminhada para apuração na Polícia Civil. A vizinha disse que um dos suspeitos é de meia idade, baixo e gordinho, enquanto o outro é mais jovem e alto, com pele parda e tatuagem com o nome “Emanuele” no braço esquerdo. Ambos tinham boa aparência e estavam bem vestidos. A representante da Prefeitura disse que os agentes de controle de endemias e do ESF são identificados por meio de roupas com inscrições e símbolos do município, além da cor predominantemente verde.

Leia também no JC Online

Compartilhe

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Não Permitido Cópia