Em um ano, Bauru e Marília emitem mais de 1 mil carteirinhas de identificação de autistas; saiba como solicitar

Emissão da Carteira de Identificação da Pessoa com Transtorno do Espectro do Autismo (CIPTEA) foi regulamentada em 2022 e passou a vigorar em abril de 2023 — Foto: Governo de SP/ Divulgação

Emissão da Carteira de Identificação da Pessoa com Transtorno do Espectro do Autismo (CIPTEA) foi regulamentada em 2022 e passou a vigorar em abril de 2023. Nesta terça-feira (2) é celebrado o Dia Mundial de Conscientização do Autismo

Desde que a emissão da Carteira de Identificação da Pessoa com Transtorno do Espectro do Autismo (CIPTEA) entrou em vigor, em abril do ano passado, as cidades de Bauru e Marília, no interior de SP, emitiram juntas 1.094 documentos.

Nesta terça-feira (2) é celebrado o Dia Mundial de Conscientização do Autismo, data criada para estimular a divulgação de informações sobre o autismo, ampliando o conhecimento sobre as necessidades e os direitos das pessoas com o TEA, entre eles a emissão desses documentos de identificação.

Em todo o estado de SP foram mais de 45 mil emissões da CIPTEA, sendo só na região Bauru 694 e na região de Marília mais de 400 documentos.

A Carteira de Identificação da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista está prevista na Lei Federal nº 13.977, de 8 de janeiro de 2020, conhecida como a Lei Romeo Mion.

A versão paulista da CIPTEA foi regulamentada em 2022 e começou a ser disponibilizada em abril de 2023, após decreto do governador Tarcísio de Freitas.

Ela é um documento oficial idealizado pela Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência (SEDPcD) e desenvolvida pela Secretaria de Gestão e Governo Digital (SGGD), que facilita a identificação da pessoa com TEA nos serviços públicos e privados em todo o território paulista.

Ela, no entanto, não dispensa a apresentação de documento ou outro requisito exigido em lei para o acesso a serviços ou benefícios específicos.

Solicitação do documento

A carteira é emitida exclusivamente em formato digital e pode ser apresentada em dispositivos eletrônicos, que permitam sua visualização.

Também será aceita a versão impressa, desde que o próprio solicitante realize a impressão. O prazo máximo para emissão será de 45 dias contados a partir da data de solicitação.

A emissão é realizada de forma digital, pelo portal desenvolvido pela Prodesp, ou presencialmente nos 26 postos do Poupatempo que oferecem o serviço.

O documento também pode ser emitido presencialmente no posto do Poupatempo de Bauru.

Fonte: G1

Compartilhe

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

destaques da edição impressa

colunistas

Cláudio Pissolito

QUAL O MELHOR PRESENTE PARA PALMITAL NO ANIVERSÁRIO DE 103 ANOS?

Esta votação foi encerrada (since 7 meses).

VOTE NA ENQUETE ABAIXO - ESCOLHA APENAS UMA OPÇÃO

Melhoria na Saúde
35.06%
Melhoria na Segurança
14.34%
Melhoria no Horto Florestal
13.15%
Melhoria do Povo
11.95%
Melhoria na Educação
8.76%
Melhoria nas Estradas Rurais
6.77%
Melhoria na Arborização
3.98%
Melhoria na habitação
3.98%
Melhoria na Assistência Social
1.99%

Foto do Leitor

Envie sua Imagem de fato positivo ou negativo

HORÁRIOS DE ÔNIBUS

Clique na Imagem e Acesse os Horários

TV JC

Temas

Don`t copy text!

Entrar

Cadastrar

Redefinir senha

Digite o seu nome de usuário ou endereço de e-mail, você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.