Filho de Alex Escobar acusa apresentador de abusos e diz que pai é “um monstro”
Compartilhe

Pedro Escobar, filho do apresentador do ‘Globo Esporte’ Alex Escobar, usou seu Twitter para “pedir socorro aos meios de comunicação”. Na terça-feira (01/10), Pedro fez uma série de declarações dizendo que o pai o despreza por ser homossexual e que Alex não está em dia com o pagamento da pensão.

 

“O meu pai é o apresentador do Globo Esporte, Alex Escobar. E depois de sofrer muitos abusos por parte dele eu decidi expor e me manifestar. Eu tenho depressão há 5 anos desde que ele descobriu que eu era gay e passou 3 meses sem falar comigo”, escreveu. Pedro também contou que em 2017 tentou suicídio e que, na ocasião, Alex o chamou de “ingrato”.

“O salário dele é de 80 mil reais e, fazendo os cálculos, ele deveria me dar R$ 5,3 mil (por dividir com a minha irmã) por mês até os 24 anos ou enquanto eu continuar estudando. Porém, no começo desse ano ele me mandou um áudio se recusando a me oferecer qualquer tipo de estudo esse ano”, declarou.

 

De acordo com a jornalista Fábia Oliveira, o apresentador disse que prefere que outras pessoas falem por ele: “É injusto o que ele está dizendo, mas é minha palavra contra a dele”. Mariana Escobar, irmã de Pedro, contou que o rapaz foi diagnosticado com sociopatia.

 

Ela também explicou que o pai oferece ajuda financeira e que o irmão mandou mensagens a ameaçando psicologicamente: “O Pedro me mandou uma mensagem dizendo que se ele se matasse eu teria as mãos sujas de sangue”. Os tweets feitos por Pedro não estão mais disponíveis em sua rede social.

Fonte: BondeNews

Compartilhe