Compartilhe

Após ser flagrada pelo marido em um motel, uma pastora de Campo Grande (MS) disse que o episódio “foi coisa do Satanás”. O vídeo gravado pelo marido viralizou nas redes sociais.

Na gravação, o homem traído entra no quarto aos berros. A mulher está acompanhada de outro pastor. Os dois costumam pregar, na região do Guanandi e Aero Rancho, cultos especiais em prol da família tradicional, pela Igreja Apostólica Jesus Cristo Voltará.

Pelas imagens é possível ver que o marido entra no quarto e se refere ao amante como “pastor do Diabo”. Em seguida, mostra a esposa e grita: “Você acabou com a minha vida”. Fora de si, o homem ainda chuta e bate a porta na esposa.

Entre gritos, ofensas e agressões verbais, o homem ameaça e diz que vai expor os dois. “Isso aqui vai rodar Campo Grande inteiro, todo mundo vai saber.”

O marido também questiona. “Você destruiu minha família. Por que você fez isso?”, pergunta.

Em entrevista ao Lado B do Campo Grande News, a mulher questiona “Quem nunca errou?” Com a voz triste, a pastora disse que não está bem. “Já aconteceu, não tenho como voltar atrás. Quem nunca errou que atire a primeira pedra. Enquanto a gente julga, estamos sendo julgados.”

Questionada sobre o impacto da exposição após divulgação dos vídeos, a mulher preferiu não falar do homem que estava no motel e defendeu o marido, com quem é casada há 21 anos. “Meu marido já me perdoou, a mulher dele (pastor amante) já perdoou ele.”

Ela ainda acrescentou que o episódio não foi uma traição. “Foram erros, só que a culpa não é da gente. A gente foi vítima de Satanás para escandalizar e jogar o nosso nome na lama. Todo mundo foi usado pelo Diabo. Meu marido chegou falando pastor do Diabo, então todo mundo foi usado pelo Diabo” justifica.

Diante da chuva de comentários e compartilhamentos, a pastora ainda mandou recado para quem a colocou no “tribunal da internet”. “Quem vai ficar apontando e criticando está se autoconcedendo, porque já nos acertamos. Aí, é cada um com Deus”, finalizou.

Fonte: Campo Grande News

Compartilhe

Deixe um comentário