Furto de registro de tanque provoca vazamento de piche em usina de asfalto
Compartilhe

Caso foi constatado na manhã de segunda-feira; cerca de oito toneladas de emulsão foram perdidas com prejuízo de R$ 25 mil

 

Policia JC

 

Uma ação criminosa praticada durante o último final de semana causou prejuízo à Prefeitura de Palmital e paralisou a operação de manutenção do pavimento em vias públicas da cidade. Ladrão subtraiu parte do registro de um dos tanques da usina de asfalto, localizada no acesso ao antigo recinto da Fapip, e provocou o vazamento de aproximadamente 8 mil quilos de piche. O caso foi comunicado à Polícia Civil, que deverá apurar a autoria do furto.

O derrame de piche foi constatado na manhã de segunda-feira por uma equipe da Secretaria de Obras e Serviços Urbanos da Prefeitura, que foi até o local para dar continuidade à operação tapa-buracos iniciada na semana anterior e realizado melhorias em diversas ruas da cidade. Com o furto da válvula do registro, supostamente para venda do metal, houve o vazamento da emulsão pelo pátio da unidade, que é dividido em dois níveis. O material atingiu também, já em pequena quantidade, a uma vala de escoamento pluvial ao lado da mata do Horto Florestal.

A usina havia passado por recuperação e foi reativada para produzir a massa asfáltica usada nas operações de manutenção das ruas de Palmital. O derramamento do material, que causou prejuízo estimado em R$ 25 mil para a Prefeitura, provocou a interrupção serviços de tapa-buraco. A administração municipal enfatizou também que o vazamento não causou risco ambiental, pois a emulsão não infiltra no solo e foi retirada rapidamente junto com a camada superficial de terra.

O diretor de Obras Paulo Tanno disse que, com o furto, os trabalhos de melhorias nas ruas foram suspensos e só serão retomados depois que a Prefeitura mobilizar recursos para aquisição de novos insumos para produzir a massa asfáltica. O prefeito José Roberto Ronqui lamentou o fato e salientou que ações criminosas como esta comprometem os trabalhos da administração municipal e atrasam ações voltadas à melhoria das condições de vida da população.

 

MATERIAL FOI USADO EM PAVIMENTAÇÃO

Policia JC

Após o vazamento verificado na usina de asfalto, uma equipe da Prefeitura fez a limpeza da usina já na segunda-feira para a retirada do piche. Apesar de impróprio para a produção de massa asfáltica, o material não foi descartado. Ele foi misturado a pedriscos para a produção de uma massa que foi aplicada para pavimentação de trecho da saída da Rua Dr. Geraldo Coelho, que faz ligação com o Anel Viário Municipal e a vicinal de acesso a Platina. A Secretaria de Obras e Serviços Urbanos também deverá fazer adequações na usina para evitar novos furtos e garantir melhor contenção do piche em caso de vazamento.

Compartilhe

Deixe uma resposta