Compartilhe
região jc
Caso está sendo investigado pela polícia de Garça

 

Em menos de uma hora, dois assaltos foram registrados noite de terça-feira (26/02) na cidade de Garça, com ação de criminosos armados com revólver e faca. Em um dos casos, a vítima chegou a ficar amarrada e teve os olhos vendados, depois de ser enganada ao tentar fazer uma “boa ação”. Mas, a forma com que o suposto roubo aconteceu está levantando dúvidas e é investigada pela Polícia Civil.

A vítima, um homem de 46 anos, disse aos policiais que por volta das 23 horas estava nas proximidades de uma conveniência na rotatória da avenida Labieno da Costa Machado, quando um indivíduo em um veículo Gol de cor cinza o abordou e pediu R$ 14,00 para comprar fraldas para o filho. Pela versão apresentada, como não tinha dinheiro “trocado”, foi até ao balcão da loja com uma nota de R$ 100,00 para trocar o dinheiro. Como não conseguiu, o condutor do Gol pediu para vítima entrar no carro, pois levaria o até a uma farmácia onde compraria o pacote de fraldas. Era o momento para “dar o bote”.

Em vez de ir à farmácia, a vítima foi até a uma estrada que liga os bairro São Benedito ao jardim Adrianita, onde o ladrão anunciou o assalto, mostrando um revólver. A vítima foi amarrada e teve os olhos vendados, sendo roubado em R$ 650,00 e o celular. O curioso é que, ao pedir socorro e acionar a Polícia Militar, o homem se soltou das amarras e passou em sua casa para trocar de roupas, voltando à loja de conveniência para tentar encontrar o criminoso. Como não achou ninguém, ligou para no 190 para chamar a PM.

Outro assalto ocorreu cerca de 50 minutos depois, quando um rapaz de 18 anos caminhava na região próxima à Biblioteca de Garça e relatou à polícia que foi abordado por duas pessoas que chegaram correndo com os rostos cobertos, sendo que uma delas armada com uma faca. Enquanto colocou a faca nas suas costas, o outro pegou a carteira, celular e mochila da vítima.

 

 

Fonte: Notícias de Garça

Compartilhe

Deixe uma resposta