Homem é preso por furtar carteira de idosa no centro de Palmital
Compartilhe

Um ajudante de pedreiro de 28 anos foi preso na tarde de quinta-feira da semana passada (11/07) acusado de furto qualificado contra uma aposentada de 66 anos. Durante o crime, ocorrido no centro de Palmital, ele acompanhou a mulher que estava de bicicleta e, em movimento, conseguiu subtrair a carteira da idosa, que continha documentos pessoais e aproximadamente R$ 1,6 mil em dinheiro. O acusado, já conhecido por práticas delituosas, foi preso pela Polícia Militar no Horto Florestal Municipal e reconhecido pela vítima durante o registro da ocorrência na Delegacia de Polícia Civil.

 

De acordo com registros policiais, o crime ocorreu por volta do meio-dia no início da rua Dr. Geraldo Coelho, no centro de Palmital. A idosa contou que foi abordada pelo ajudante de pedreiro, que lhe pediu dinheiro. Ela informou que deu a ele R$ 2,00 e saiu deixando a carteira em uma sacola com a carteira no bagageiro da parte de trás da bicicleta. O acusado teria corrido atrás da vítima e pegado a carteira sem que ela percebesse, conforme alertaram pessoas que estavam na rua e viram o crime. O autor do furto fugiu correndo.

 

A idosa acionou a PM e forneceu informações sobre as características físicas e roupas usadas pelo ladrão. Os policiais realizaram diligências e, cerca de duas horas e meia depois, encontraram o ajudante de pedreiro no Horto Florestal de Palmital. O homem, que é conhecido nos meios policiais pela prática de crimes, correspondia ao perfil descrito pela vítima, mas negou a prática do furto. Ele foi apresentado na Delegacia da Polícia Civil, onde foi reconhecido pela aposentada. Porém, a carteira com documentos pessoais e cartões bancários, além de R$ 1.650,00 em dinheiro, não foi localizada.

 

O delegado Giovani Bertinatti decretou a prisão em flagrante do ajudante de pedreiro e, devido ao histórico de delitos e risco de voltar a praticar crimes, solicitou a prisão preventiva do acusado para que ele fique preso para cumprir a pena, pois se voltar para as ruas poderá delinquir novamente. O homem foi encaminhado para a Cadeia Pública de Lutécia. Na sexta-feira ele foi submetido a audiência de custódia no Fórum de Palmital, sendo mantido preso.

Compartilhe

Deixe uma resposta