Homem é preso por violência doméstica

Acusado fez ameaças à ex-mulher para tentar reatar o relacionamento; PM o prendeu com uma pistola de plástico e uma faca

 

polícia jornal da comarca

 

Um homem de 39 anos foi preso no início da tarde do último domingo por ameaça, violência doméstica e porte de faca e simulacro de pistola. O caso ocorreu em frente a uma residência no bairro Afonso Negrão, onde o acusado estaria para tentar coagir a ex-mulher a reatar o relacionamento. A ocorrência foi atendida inicialmente pela Polícia Militar, que apresentou os envolvidos e objetos na Delegacia da Polícia Civil, onde foi realizado o flagrante.

De acordo com informações policiais, o caso ocorreu por volta das 13 horas na rua Olegário Torres Galvão. Pms foram acionados para atender a ocorrência de violência doméstica e foram até à residência. Quando avistou a aproximação da viatura, o homem tentou fugir carregando algo na cintura, sendo abordado e revistado. No bolso de sua bermuda havia um simulacro de pistola e uma faca.

A mulher relatou que estava recebendo ameaças do ex-marido, que buscava reatar o relacionamento. Diante da situação, ele foi apresentado na Delegacia de Palmital, onde ele foi autuado e encaminhado para a Cadeia Pública de Lutécia. Na segunda-feira, passou por audiência de custódia no Fórum da Comarca em que o mantiveram preso.

 

PM prende dois adultos e apreende três adolescentes por tráfico no CDHU

Flagrante foi realizado durante operação de repressão ao comércio de entorpecentes em Palmital; foram encontrados porções de drogas, balanças, anotações e dinheiro

 

A Polícia Militar realizou na quinta-feira da semana passada uma operação de repressão ao comércio de entorpecentes em Palmital, que resultou na prisão de duas pessoas e na apreensão de três adolescentes. Os acusados estavam em residências no conjunto habitacional Miguel Huertas e foram enquadrados pelos crimes de tráfico e associação para o tráfico. Foram apreendidos porções de drogas, balanças, anotações da atividade ilegal, dinheiro e materiais para o processamento dos entorpecentes.

De acordo com registros policiais, o flagrante ocorreu pouco depois das 18 horas, quando duas equipes da PM chegaram para um cerco na rua Indalécio Marques de Lima. Os pms depararam na via pública os três adolescentes de 16 anos e um desempregado de 23 anos, todos conhecidos nos meios policiais, que tentaram fugir entrando em duas casas vizinhas. Em uma residência, onde também estava uma lavradora de 47 anos, houve a localização de drogas e de materiais para o processamento de entorpecentes. Em outro imóvel, também havia drogas e produtos usados no tráfico.

Conforme relatório policial, a ocorrência resultou na apreensão de 181,65 gramas de maconha, fracionados em 68 porções, 33,50 gramas de cocaína em 51 pinos e 23,90 gramas, divididos em 26 pedras. O trabalho também resultou na localização de R$ 428,05 em dinheiro supostamente obtido com a atividade ilegal, duas balanças de precisão, três folhas com anotações do tráfico e material para processar e embalar droga.

Os envolvidos foram apresentados na Delegacia da Polícia Civil, onde se mantiveram em silencio durante interrogatório, manifestando intenção de falar somente em juízo. Também foi apurado durante o registro de ocorrência que o desempregado tinha um mandado de prisão temporária em aberto por meio de prática criminal. Durante audiência de custódia no Fórum da Comarca, dois dos acusados foram liberados e os demais foram encaminhados para a Cadeia Pública de Lutécia.

Compartilhe

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Não Permitido Cópia