Homem que foi preso por roubo e estupro de mulher é morto dentro da cadeia
Compartilhe

Detentos executaram um homem acusado de estupro durante a madrugada de segunda-feira (28/10), na carceragem de Santo Antônio da Platina. O Departamento Penitenciário (Depen) confirmou o fato ao NPDiario, só que ainda não detalhou o caso, como, por exemplo, se foi usado um estoque (faca improvisada) ou o homicídio foi por seguidas agressões físicas.

 

O delegado Rafael Guimarães também foi ouvido pela reportagem e adiantou já ter instaurado inquérito para apurar o crime. O maníaco foi preso pela Polícia Militar na rua  Caçom, Vila Santa Terezinha, às 3h40m da madrugada de domingo (27/10), em Santo Antônio da Platina.

 

A esposa, que teve uma criança há seis meses e que estava na casa, dormia com o marido em sua casa quando sentiu uma mão passando pelas suas pernas, e quando olhou, percebeu que se tratava de Wellington Santos Macedo, conhecido como Nenê, o qual disse que exigia dinheiro, ou iria matar o casal.

 

O elemento estava com uma faca, e fazia sinal com o dedo, para a vítima ficar quieta, para não acordar o companheiro, mas este acabou despertando. Ameaçando o casal de morte, o indivíduo pegou as chaves do GM Corsa Classic que estava com ele e obrigou a mulher entrar no carro, fazendo-a de refém.

 

O elemento pegou à força a mulher pelos cabelos, a obrigou a fazer sexo oral e a estuprou num matagal. Só que a Polícia Militar foi até o bairro Santa Terezinha, onde no começo da rua William Castro Vilas Boas, viram o Corsa Classic, dirigido por Wellington.

 

Ele perdeu o controle e bateu contra um muro e fugiu, deixando a moça no carro. Os PMs encontraram a refém no banco da frente do carro. Estava assustada e machucada por agressões do bandido, que na sequência foi preso dentro de sua residência. O Corsa, roubado, foi recuperado e também levado para a 38° Delegacia de Polícia Civil.

Fonte: NPDiário

Compartilhe

Deixe uma resposta