Compartilhe

Um homem de 41 anos foi preso em flagrante no último domingo (10), em Bauru (SP), acusado de tentativa de homicídio contra sua ex-companheira, uma balconista de 33 anos, e de tentativa de homicídio contra o homem que foi encontrado com ela na cama, um ajudante de pedreiro de 56 anos.

O acusado foi detido pela Polícia Militar no quintal da casa todo ensanguentado e confessou ter esfaqueado o homem após encontrar o casal nu na cama. O fato ocorreu no Parque Primavera, endereço da ex-mulher.

Segundo o boletim de ocorrência, o ajudante de pedreiro foi levado para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do Bela Vista com lesões no pescoço, braços, perna, nádegas e no rosto. Já a mulher teve um corte superficial na cabeça. No registro policial, consta que nenhum deles corre risco de morte.

De acordo com a polícia, os policiais militares foram acionados por volta das 5h40 e, quando chegaram ao local, se depararam com o pintor no quintal da casa e com poças de sangue pelo imóvel. 

No interior da casa, estava a balconista, descordada na cama e ainda sem roupas. O acusado alegou aos PMs que chegou ao imóvel por volta das 5h30 e se deparou com a ex e outro na cama e que, descontrolado, acabou se apropriando de uma faca e agredindo o casal. Ele não tinha mais relacionamento com a ex.

Consta no BO, que vizinhos disseram aos policiais que a mulher e o acusado não mantinham mais relacionamento, o que o pintor nega e alega que os dois estavam juntos ainda.

 

Fonte: Achei Santa Cruz

Compartilhe

Deixe uma resposta