Foi grande a procura pelas casas construídas por meio da parceira entre a prefeitura e o governo estadual

 

 

Jornal da comarca comarca
Agendamentos foram feitos na quinta e sexta-feira da semana passada

 

 

A Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) recebeu na semana passada 873 pessoas de Ibirarema que fizeram agendamento para a inscrição no programa “Morar Bem, Viver Melhor”, que utiliza linhas de financiamento do programa Minha Casa, Minha Vida, do governo federal, e subsídios da agência estadual Casa Paulista. O projeto, que recebe investimento de aproximadamente R$ 10 milhões, está sendo finalizado em área doada pela Prefeitura no Jardim Silvio Ziglio, com 91 casas populares a serem sorteadas entre as famílias de baixa renda cadastradas.

Os agendamentos foram feitos durante a quinta e sexta-feira da semana passada nas dependências da nova Unidade Básica de Saúde (UBS) no Jardim Silvio Ziglio. Os interessados apresentaram documento de identidade (RG) e receberam um cartão com o dia, horário e local em que deverão comparecer para formalizar a inscrição no programa habitacional, assim como as informações sobre documentos e exigências para participar do processo de seleção dos beneficiários às unidades habitacionais.

Segundo informações da Prefeitura, as inscrições começam na próxima segunda-feira na UBS do Jardim Silvio Ziglio e permanecem abertas até 1º de março e não haverá atendimento de pessoas que não fizeram agendamento. As famílias devem apresentar a documentação que comprove a condição de enquadramento nas exigências da linha de crédito habitacional do MCMV para efetivar a inscrição, quando já receberão a senha que será depositada nas urnas do sorteio público que será realizado pela CDHU em data ainda não definida.

Para o prefeito Thiago Briganó, o número elevado de agendamentos indica a necessidade de se construir mais moradias e também o desenvolvimento da cidade que recebe novos moradores. “Com o Distrito Industrial e o retorno da Usina Pau D’Alho, Ibirarema deverá receber um grande impulso e, por isso, estamos preparando uma infraestrutura adequada ao progresso esperado”, afirmou.

Compartilhe

Deixe uma resposta