Irmão mata o outro em Ribeirão do Sul
Fraticídio foi cometido dentro da casa do pai dos envolvidos.

Uma briga entre irmãos na noite de sábado, 08/06, em Ribeirão do Sul, teve como desfecho a morte do mais velho.  Sidney de Souza, de 39 anos, foi morto com um tiro no pescoço desferido pelo próprio irmão, de dentro da casa do pai de ambos.

Segundo apurou a imprensa da região, os irmãos Sidney e Tiago teriam trabalhado o dia todo na construção da casa de um parente e, no final da tarde, decidiram fazer um churrasco na casa do pai.

Durante a confraternização familiar, o irmão mais novo, Tiago Carneiro, de 32 anos, começou a brigar com a sua esposa. Tanto o pai como o irmão Sidney interferiram na desavença, quando Tiago deferiu um soco no rosto do pai, o que resultou em briga generalizada dentro da casa.

O pai conseguiu separar a briga entre os irmãos e convenceu Sidney a ir embora, mas quando ele saiu da casa, o irmão Tiago efetuou um disparo contra ele com uma espingarda calibre 28. O tiro saiu pelo vão do portão da casa e atingiu Sidney no pescoço. Ele caiu de imediato e passou a perder muito sangue.

Vizinhos da família socorreram Sidney até o pronto-socorro de Ribeirão do Sul, mas ele não resistiu ao ferimento e morreu antes mesmo de ser atendido. Tiago e a esposa fugiram de imediato e estão desaparecidos.

A Polícia Militar do GP de Ribeirão do Sul, com apoio da viatura de Salto Grande e do Tático Comando, atenderam a ocorrência e passaram a tomar as providências cabíveis, incluindo perícia e exame no corpo da vítima pela perícia solicitada pelo delegado da Polícia Civil, Dr. Gabriel Ulisses Salomão, que também esteve no local do crime.

O corpo de Sidney foi encaminhado ao IML – Instituto Médico Legal, de Ourinhos, para exame necroscópico e posterior liberão aos familiares para velório e sepultamento.

(Com informações do site Repórter na Rua, de Santa Cruz do Rio Pardo)

Leia também no JC Online

Compartilhe
Fechar Menu
Não Permitido Cópia