Jantar em hora mais tardia aumenta o risco de ataque cardíaco, diz estudo
Compartilhe

Jantar a horas mais tardias foi também associado a um maior risco de sofrer de pressão alta, de ter um índice de massa corporal (IMC) mais elevado e níveis de açúcar no sangue desregulados. O estudo foi conduzido por investigadores da Universidade de Columbia, nos Estados Unidos, que monitorizaram as dietas de 112 mulheres durante um ano. 

 

No final da experiência os académicos concluíram que as mulheres que ingeriam mais calorias após as 18h apresentavam um maior risco de virem a sofrer um ataque cardíaco.  A professora, investigadora e médica Nour Makarem afirmou ao jornal norte-americano The New York Times: “comer tendo em conta um horário especifico é um fator modificável de prevenção de doenças coronárias que podemos facilmente adotar”.

 

“Até ao momento intervenções no estilo de vida para prevenir a incidência de ataques cardíacos têm-se focado apenas naquilo que comemos e as respetivas quantidades”, acrescentou. Um estudo anterior realizado pela Universidade de Tufts em Massachusetts, também nos EUA, já havia alertado para o risco para a saúde de não comermos fruta e vegetais em abundância.  Na altura os investigadores detetaram que a ingestão diminuta de fruta e legumes estava correlacionada a cerca de 1,8 milhões de mortes somente em 2010.  

Fonte: TopBuzz

 

Compartilhe

Deixe uma resposta