• Post category:Destaques
Compartilhe

Desempregado de 20 anos estava com porções de crack, cocaína e maconha, além de dinheiro; adolescente que participava da ação criminosa conseguiu fugir

 

Um desempregado de 20 anos foi preso no início da noite de sexta-feira por tráfico de drogas no bairro São José. O rapaz foi flagrado agindo em parceria com um adolescente de 17 anos, que foi identificado, mas conseguiu fugir da abordagem da Polícia Militar. Durante a ação, foram apreendidas 92 porções de crack, cocaína e maconha, além de R$ 215,00 em dinheiro, que estavam escondidos na residência do menor. A ocorrência foi apresentada na Delegacia da Polícia Civil, onde foi feita a apreensão dos entorpecentes, além de um celular e uma folha com anotações sobre a atividade ilegal, que será objeto de investigação.

De acordo com registros da ocorrência, o flagrante ocorreu por volta das 18h45, no bairro São José. Os PMs receberam informações de uma pessoa na rua, que não quis se identificar por receio de represálias, de que nas proximidades de um bar, na Rua Joaquim Amâncio Ferreira, o desempregado estava acompanhado de um adolescente de 17 anos fazendo a venda de drogas. Os policiais conseguiram observar que a dupla de fato praticava o tráfico, e que o menor ia sempre até sua casa, nas proximidades do local do flagrante, para pegar a droga que era entregue aos “clientes”.

Após a constatação do crime, os policiais conseguiram abordar o desempregado, que estava com um celular e R$ 15,00 em dinheiro. O menor conseguiu fugir. Porém, os policiais tiveram autorização da mãe do menor para a entrada na residência e encontraram na área e no quarto do rapaz duas pedras de crack (2,62 gramas), 67 porções de maconha (126,81 gramas) e 23 papelotes de cocaína (15,16 gramas).

Os policiais também apreenderam R$ 200,00 em dinheiro e uma folha de papel com anotações supostamente relacionadas ao tráfico que era praticado pela dupla. A ocorrência foi apresentada na Delegacia da Polícia Civil, com a classificação de tráfico, associação para o tráfico e ato infracional. O desempregado foi mantido preso e encaminhado à CPJ de Assis, para passar por audiência de custódia no Plantão Judiciário no sábado.

Compartilhe

Deixe uma resposta