Jovem “testa” aplicativo da PM e é detido por falsa comunicação de crime
Compartilhe

polícia jc

 

Um jovem de 23 anos foi encaminhado a Delegacia da Polícia Civil na tarde de segunda-feira (11/03) por falsa comunicação de crime por meio do aplicativo lançado recentemente pela Polícia Militar do Paraná, que funciona nos mesmos moldes do telefone 190. De acordo com o 5º BPM (Batalhão de Polícia Militar), por volta das 16h, foi gerada uma ocorrência de que estaria ocorrendo uma briga em determinado endereço no Jardim Novo Bandeirantes, em Cambé.

O solicitante seria a vítima da briga e teria outro homem armado no local. Segundo a PM, uma viatura que estava pela região foi de imediato ao endereço, mas nada foi constatado pela equipe. Repassado a central, a atendente do aplicativo 190 entrou em contato com o solicitante, que não atendeu as ligações.

Em seguida, outra ocorrência foi gerada no mesmo endereço e com um numeral. A equipe deslocou novamente até o local localizou o jovem, que relatou aos policiais militares ter instalado o aplicativo 190 em seu telefone e só estaria testando.

Diante disso, conforme a PM, foi explicado a este homem sobre os procedimentos a serem adotados devido aos transtornos gerados por ele e foi encaminhado a delegacia para realização dos procedimentos sobre falsa comunicação de crime e lavrado o termo circunstanciado.

Fonte: Bonde News

Compartilhe

Deixe uma resposta