Justiça condena unidade infantil do HC de Marília a pagar indenização para criança que ficou cega
Compartilhe

A Justiça de Marília (SP) condenou a Unidade Materno Infantil do Hospital das Clínicas (HC) a pagar uma indenização de R$ 109 mil e mais um salário mínimo por mês, pelo resto da vida, a uma criança 5 anos que ficou cega durante internação no local. A decisão é de primeira instância e cabe recurso.

 

A sentença assinada pelo juiz Walmir Idalêncio dos Santos Cruz na segunda-feira (18/11) justifica a indenização “pela perda da capacidade laborativa” da criança que ficou cega. Segundo a decisão, os danos oftalmológicos causados à menor “poderiam, durante sua internação, ser antevistos, se o hospital materno infantil tivesse tomado as providências necessárias”.

 

Além disso, segundo a sentença, o hospital não poderia ter dado alta à paciente sem a repetição do exame de fundo de olho e sem o encaminhamento ao oftalmologista para acompanhamento. Consultada, a assessoria de imprensa da Famema, que administra o HC, afirmou que ainda não foi notificada sobre a condenação e, por isso, não vai se manifestar por enquanto.

Fonte: G1

Compartilhe

Deixe uma resposta