Compartilhe

O cantor sertanejo José Marciano, da dupla João Mineiro & Marciano, morreu na madrugada desta sexta-feira (18), aos 67 anos. Ele foi vítima de um infarto e não resistiu. Ele morreu dormindo em casa, em São Caetano (SP), por volta das 2h da manhã. Aparentemente, o cantor não demonstrava nenhum problema grave de saúde. A informação foi confirmada ao UOL pela ex-assessora e amiga da família Mayla Tauany.

A equipe do cantor confirmou a morte em um comunicado postado no Instagram. “Perde-se um grande músico, compositor, marido e amigo, que fez história e marcou a música sertaneja brasileira”, diz o texto.

Chamado de “O Inimitável”, ele ficou famoso por dar voz a canções como “Fio de Cabelo”, “Crises de Amor”, “Paredes Azuis”, “Menina Escuta Meu Conselho”. Desde os 16 anos ele fez parceria com João Mineiro e já na década de 1970 começou a se destacar no cenário sertanejo.

Em entrevista ao UOL, em 2016, Marciano relembrou o início da carreira. “Tudo era muito difícil para gente. Até o nosso sertanejo começar a se consolidar, no fim dos anos 1970, início dos 1980, só o circo nos dava espaço. É um tributo nosso a eles. O circo é nossa raiz”, contou.

Após a morte de João Mineiro em 2012, Marciano formou dupla em 2016 com Milionário, que também já havia perdido o companheiro de dupla José Rico, em 2015. Juntos, Milionário & Marciano saíram em turnê pelo Brasil com o projeto “Lendas”, empresariado por Sorocaba, da dupla Fernando & Sorocaba.

“Nos juntamos para provar para o Brasil inteiro que nunca é tarde para se começar uma nova história. Por enquanto está dando certo”, disse Marciano em 2016 sobre a formação da nova dupla, em entrevista ao “The Noite”.

Ainda não há informações sobre o velório e o enterro. Marciano deixa a mulher Alexandra, a filha Marciane e o filho Fabiano.

O filho do cantor, Fabiano Martins, que não mantinha uma boa relação com o pai, postou no Instagram uma nota lamentando a morte. ” Morre um dos maiores cantores sertanejo desse país. E é com uma imensa tristeza que informo aos meus amigos que meu Pai sofreu um infarto fulminante nessa madrugada e foi morar com Deus. João Mineiro e Marciano ficará eternizado em nossos corações”, escreveu.

Compartilhe

Deixe uma resposta