Menino morre depois de três atendimentos médicos; Polícia de Bauru investiga o caso

Menino foi atendido três vezes na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Bela Vista, em Bauru — Foto: TV TEM/Reprodução

Samuel Cardoso Miguel, de 12 anos, foi atendido três vezes na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Bela Vista e uma no Pronto-Socorro Central (PSC) após se machucar jogando futebol

A Polícia Civil de Bauru (SP) vai investigar a causa da morte de um menino de apenas 12 anos que passou três vezes por atendimento médico na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Bela Vista. O óbito foi confirmado na segunda-feira (15), após a criança sofrer uma parada cardiorrespiratória.

De acordo com o Boletim de Ocorrência, tipificado como morte suspeita, a mãe de Samuel Cardoso Miguel, de 12 anos, levou o filho à unidade de saúde pela primeira vez no dia 7 de janeiro após a criança ter sofrido uma queda jogando futebol.

O menino passou pelo atendimento médico no dia seguinte, com relatos de dor no corpo, febre, dor de cabeça e com um possível quadro de dengue, segundo o BO. No dia 9 de janeiro, a mãe e a criança retornaram ao local, e Samuel disse sentir dor no corpo e dor intensa no joelho, com hiperemia (vermelhidão) local.

O menino foi encaminhado para avaliação de um ortopedista no Pronto-Socorro Central (PSC) de Bauru, com um possível quadro de fratura de platô tibial. No PSC, a criança foi avaliada e liberada com tala gessada e retorno ao ortopedista em 15 dias.

Ainda no registro policial, consta que o menino após a liberação evoluiu com inapetência (falta de apetite), dor no corpo e no membro lesionado. No último domingo (14), um dia antes da morte, a mãe notou icterícia, uma condição onde há o amarelamento da pele e do branco dos olhos.

Nesta segunda-feira (15), ao ajudar o menino a tomar banho, a mãe percebeu que ele estava hipoativo e com cianose, quando a pele fica de coloração azulada, geralmente ocasionado por oxigenação insuficiente do sangue.

Segundo o BO, a mãe levou o filho pela terceira vez até a UPA do Bela Vista, onde o garoto chegou sem reação. Ele foi levado até a sala de emergência, mas não resistiu.

Em nota, a Prefeitura de Bauru informou que o caso está em avaliação pela equipe médica e que “aguarda a conclusão do laudo do Instituto Médico Legal (IML) para posteriores providências”.

O corpo de Samuel Cardoso Miguel, de 12 anos, foi sepultado na tarde desta terça-feira (16), no Cemitério da Saudade, em Bauru. O caso segue em investigação pela Polícia Civil.

FONTE: G1

Compartilhe

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

destaques da edição impressa

colunistas

Cláudio Pissolito

QUAL O MELHOR PRESENTE PARA PALMITAL NO ANIVERSÁRIO DE 103 ANOS?

Esta votação foi encerrada (since 5 meses).

VOTE NA ENQUETE ABAIXO - ESCOLHA APENAS UMA OPÇÃO

Melhoria na Saúde
35.06%
Melhoria na Segurança
14.34%
Melhoria no Horto Florestal
13.15%
Melhoria do Povo
11.95%
Melhoria na Educação
8.76%
Melhoria nas Estradas Rurais
6.77%
Melhoria na Arborização
3.98%
Melhoria na habitação
3.98%
Melhoria na Assistência Social
1.99%

Foto do Leitor

Envie sua Imagem de fato positivo ou negativo

HORÁRIOS DE ÔNIBUS

Clique na Imagem e Acesse os Horários

TV JC

Temas

Don`t copy text!

Entrar

Cadastrar

Redefinir senha

Digite o seu nome de usuário ou endereço de e-mail, você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.