Morto há 28 anos, Freddie Mercury ainda manda presentes de Natal para amigos e parentes

Freddie Mercury morreu há 28 anos por causa de complicações da Aids. No entanto, o ex-vocalista do Queen ainda manda presentes de Natal para os parentes e amigos.

 

Isso porque, antes de morrer, Freddie colocou no testamento um pedido de acordo vitalício com a loja de departamentos Fortnum & Mason, de Londres, para que um grupo seleto de pessoas recebessem cestas de Natal em nome dele.

 

Os presentes são custeados pelo espólio do cantor, e os amigos e parentes recebem a cesta todo o ano. Em entrevista para o site MailOnline, um representante da loja comentou sobre a atitude do cantor: “Nós acreditamos que é um gesto adorável”.

 

Elton John revelou, na autobiografia de 2019, como Freddie sempre se preocupou com os conhecidos e relatou como, mesmo doente, o ex-Queen procurava presentear os amigos na época de fim de ano. “Na manhã de Natal, Tony King apareceu e me deu uma fronha. Meu nome de drag é Sharon e Freddie era Melina. Na linda fronha havia uma pintura em aquarela. Na nota que acompanhava, dizia: ‘Querida Sharon, vi isso em um leilão e pensei que você iria adorar. Amo você, Melina’. Ele [Freddie] estava morrendo e ainda pensava nos amigos. Ainda tenho a fronha ao lado da minha cama. Esse é o tipo de pessoa que ele era. Ele era tão cheio de amor e vida”, enfatizou Elton John.

Fonte: Revista Rolling Stone

Compartilhe
Fechar Menu
Não Permitido Cópia