Operação da Polícia Civil prende suspeito de realizar roubos em Palmital
Compartilhe

A Polícia Civil deflagrou nesta quinta-feira (19/11) a Operação Borderless, que em inglês significa “sem fronteiras”. O objetivo é apurar roubos ocorridos em Palmital neste mês e, por meio do trabalho conjunto com a polícia do Paraná, investigar a autoria de assaltos na divisa entre os estados.

Policiais civis de Palmital e da Delegacia Seccional de Assis cumpriram mandados de busca e prisão temporária expedidos pela Justiça da Comarca. Os alvos foram dois suspeitos de terem praticado roubos à agência dos Correios, em 7 de novembro, e a um posto de combustíveis na Sete de Setembro, no dia 15.

Em Palmital, uma equipe realizou pela manhã a prisão de um homem de 27 anos. O acusado foi interrogado na Delegacia de Palmital pelo delegado Giovani Bertinatti e encaminhado para a Cadeia de Lutécia, onde deverá permanecer por pelo menos 30 dias para a conclusão da investigação.

Outra equipe foi até a cidade de Andirá e, com apoio da Polícia Civil do Paraná, realizou busca em uma residência. Porém, não conseguiu localizar o segundo suspeito dos roubos, um homem 33 anos, que é considerado foragido.

Confira mais detalhes na versão impressa do JC

Compartilhe

Deixe uma resposta