Os cinco maiores vilões da alimentação que elevam o colesterol
Compartilhe

Uma das principais causas de morte no mundo, as doenças cardiovasculares podem ser evitadas com a ingestão de uma dieta sem açúcares, gorduras transgênicas e gorduras saturadas.

 

Segundo a Organização Mundial de Saúde(OMS), as doenças cardiovasculares são a principal causa de morte, sendo responsáveis por 30% das mortes no mundo. A base para ocorrência de doenças cardiovasculares é a aterosclerose. A formação da placa de ateroma na parede dos vasos sanguíneos e que está associada a hipercolesterolemia, hipertrigliceridemia, diminuição do HDL-c, hipertensão arterial sistêmica, diabetes mellitus e obesidade

O que é o colesterol?

O colesterol é uma das várias substâncias produzidas pelo nosso corpo e é importante para a nossa saúde. De fato, parte dele é produzido pelo nosso organismo mas outra parte vem da nossa dieta. O fígado e outras células do organismo produzem cerca de 75% do total do colesterol, vindo os restantes 25% dos alimentos de origem animal que ingerimos.

De um modo geral, considera-se que existe um colesterol ‘bom’ (HDL) e um colesterol ‘mau’ (LDL). Um desequilíbrio entre eles aumenta o risco de doença coronária, enfarte do miocárdio ou acidente vascular cerebral.

Conheça os cinco maiores vilões alimentares que elevam o colesterol sanguíneo:

Margarina (fonte de gordura transgênica): muita atenção aos produtos industrializados confeccionados à base de margarina como nuggets, bolachas recheadas, gelados, bolos ou croissants, por exemplo. São alimentos ricos em gordura transgênica. A margarina não deve ser utilizada no pão ou em receitas, ao invés deverá utilizar cremes de origem vegetal ou queijos magros ou na versão light com redução de gordura

Fritos: batata frita, salgados ou folhados. Mesmo utilizando óleo vegetal ou azeite, se um alimento for confeccionado a temperaturas extremamente elevadas passa por reações químicas, gerando por sua vez perigo para a saúde. O ideal é fazer preparações assadas, cozidas e ensopadas.

Os fritos contêm ainda grandes quantidades de óleo. Alimentos fritos são ricos em ácidos gordos saturados.

Carnes gordas e produtos de charcutaria: carnes vermelhas, bacon, vísceras (fígado, coração), pernil, pele do frango, embutidos (salsichão, salsichas, mortadela, salame, fiambre, presunto), são ricos em gorduras saturadas.

Relativamente à carne deve dar preferência aos grelhados, bem passados, pois a carne mal passada com gordura apresenta as maiores taxas de gordura saturada. Dar ainda preferência aos assados, cozidos, ensopados e grelhados.

Queijos amarelos: flamengo, gouda, brie, cheddar, mozzarella, parmesão, queijo de cabra, queijo da serra entre outros, são alimentos ricos em gorduras saturadas. Devem ser substituídos por cottage, ricota, requeijão light ou queijo fresco, mas ainda assim devem ser consumidos com moderação.

Leite vegetal, manteiga e natas: estes alimentos integram inúmeras receitas: suflês, bolos, molhos, doces (bolos e bolachas), sopas cremosas. São grandes fontes de gordura saturada e de calorias.

Compartilhe

Deixe uma resposta