Compartilhe

Uma frente fria que avançou sobre o Sudeste do país trouxe instabilidade climática e ocasionou grande volume de chuvas em todo o Estado de São Paulo nos últimos dias. Os temporais causaram deslizamentos de terras, danos em imóveis, transbordamentos de rios e alagamento de rodovias que provocaram 24 mortes até a tarde de segunda-feira (31/01), conforme dados do governo paulista.

Na região Centro-Oeste Paulista também houve a interdição de rodovias, transbordamento de rios e danos causados pelos temporais. Palmital, onde houve chuvas moderadas, foram registrados 122,6 milímetros de chuvas no período inferior a uma semana. Porém, há relatos de volumes maiores em algumas localidades do município.

Os dados oficiais são do Centro Integrado de Informações Agrometeorológicas (Ciiagro), órgão da Secretaria de Agricultura de SP, que tem uma estação automática no Horto Florestal Estadual, nas proximidades do Distrito de Sussuí. Cada milímetro de chuva representa um litro de água sobre um metro quadrado de solo.

Segundo o Ciiagro, as precipitações começaram na quarta-feira da semana passada (26/01), quando foram registrados 18,3 milímetros. Na quinta-feira (27/01), a marca foi de 6,9 milímetros. Na sexta-feira (28/01), o pluviômetro da estação automática atingiu a marca de 35,6 milímetros. Sábado (29/01) foi o período mais chuvoso, com 47 milímetros. Domingo teve o tempo fechado, mas com poucas chuvas que chegaram a apenas 0,5 milímetro.

De acordo com os registros do Ciiagro, que também disponibiliza informações meteorológicas a cada hora, houve mais 14,6 milímetros de chuvas entre as 7 e 16 horas desta segunda-feira (31/01). Conforme informações do serviço Climatempo, com base em projeções nos atuais modelos climáticas, há a previsão que o período chuvoso se estenda pelos próximos dias.

Compartilhe

Deixe um comentário