Palmital tem mais 16 casos confirmados de coronavírus e chega a 581 infectados
Compartilhe

Dados epidemiológicos divulgados pela Prefeitura confirmam a situação de aceleração na transmissão do coronavírus em Palmital. Entre os boletins de sexta-feira (27/11) e o da tarde desta segunda-feira (30/11) foram mais 16 casos confirmados com a doença. Durante a semana passada, foram 21 novos infectados. Entre os dias 1º e 18 de novembro, havia apenas 15 registros recentes de pacientes afetados pelo covid-19.

O Boletim Epidemiológico desta segunda (30/11) mostrou que há 1.876 notificações de pessoas que apresentaram quadros gripais ou síndromes respiratórias agudas graves ou estiveram em situação de risco de contágio. O total de infectados chegou a 581 pacientes. O número de pessoas em recuperação, que na sexta-feira era de 27, saltou para 42 doentes, sendo que dois estão internados e o restante permanece em isolamento domiciliar.

Foram mantidos os sete óbitos causados pela doença desde o início da pandemia. Isto se deve ao fato de que o Grupo de Vigilância Epidemiológica (GVE) de Assis analisou o caso do médico Edson Takeyochi Tanno, que contraiu o coronavírus, e descartou a contaminação como causa principal da morte, ocorrida na noite de domingo (29/11).

A Prefeitura acompanha ainda 62 pacientes em situação suspeita que aguardam os laudos para descartar ou confirmar o diagnóstico do coronavírus. Um deles está internado com sintomas da doença. A Secretaria de Saúde descartou 1.233 ocorrências de pessoas que tiveram resultados negativos em testes sorológicos ou exames de secreção naso-bucal.

Confira mais atualizações na versão impressa do JC

Compartilhe

Deixe uma resposta