Palmital tem mais duas mortes de pacientes que contraíram o coronavírus
Compartilhe

A Secretaria de Saúde de Palmital confirmou nesta quinta-feira (17/06) mais duas mortes causadas pelo coronavírus. Ambos os pacientes estavam com a infecção confirmada e faleceram durante a manhã. O primeiro óbito foi de José Evaristo Sobrinho, de 55 anos.

Zezinho, como era conhecido por familiares e amigos, foi contaminado em meados do mês passado e recebeu atendimento no Centro de Covid, testando positivo para a doença em 18 de maio. Os sintomas respiratórios se agravaram e ele necessitou de internação na ala de isolamento da Santa Casa de Palmital no dia 8 de junho.O quadro evoluiu para síndrome respiratória aguda e ele necessitou de entubação, sendo transferido para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional de Assis (HRA) na quinta-feira da semana passada (10/06). Zezinho permaneceu em estado grave até a manhã desta quinta-feira (17/06), quando foi a óbito.

Zezinho trabalhava há uma década na unidade da Coopermota de Palmital. Era casado havia 32 anos com Gisele Cristina Evaristo, que também contraiu a Covid e ficou internada na Santa Casa. A esposa recebeu alta nesta quinta-feira (17/06) e continua o tratamento em casa. Ele deixou três filhos adultos, com 31, 27 e 24 anos, além de duas netas.

A segunda vítima é o comerciante Mário Jamil Buchaim, de 76 anos. Ele tinha comorbidades e havia sentido a infecção pelo coronavírus no domingo (13/06), tendo testado positivo para a doença na quarta-feira (16/06). O paciente fazia o tratamento domiciliar e, segundo a família, apresentava poucos sintomas da Covid, mantendo saturação em 97% durante a manhã de quinta-feira (17/06).

Mário passou mal no final da manhã e foi levado pelo Samu ao Pronto-Socorro da Santa Casa, onde houve a constatação do óbito.

Ele, que integrava uma tradicional família de comerciantes de Palmital, era casado com a professora aposentada Izabel Orlandi Buchaim e tinha dois filhos: o delegado da Polícia Civil Mateus e a advogada Marisa. Ele também deixou nora, genro e três netos.  

O município de Palmital chegou a 66 óbitos causados pela Covid-19 desde o início da pandemia – em junho foram 8 falecimentos. Conforme dados da Secretaria de Saúde, com 2 mortes sob investigação confirmada nesta semana, são 57 vítimas fatais diretamente pela doença e outras 9 provocadas por sequelas da infecção do coronavírus.

.

O JC MANIFESTA CONDOLÊNCIAS AOS FAMILIARES DE JOSÉ E MÁRIO E ALERTA A POPULAÇÃO PARA A NECESSIDADE DE MANUTENÇÃO DOS CUIDADOS QUE INCLUEM DISTANCIAMENTO SOCIAL, USO DE MÁSCARAS E HIGIENIZAÇÃO COM PRODUTOS APROPRIADOS, ALÉM DE ACOMPANHAR O CALENDÁRIO DE VACINAÇÃO E INCENTIVAR AMIGOS E FAMILIARES A SE INUMIZAREM.

Compartilhe

Deixe uma resposta