Polícia divulga print da conversa de Flordelis combinando morte do marido, o pastor Anderson do Carmo
Compartilhe

Polícia divulga print da conversa de Flordelis combinando morte do marido, o pastor Anderson do Carmo

Depois de mais de 1 ano, o Ministério Público em conjunto com a Polícia Civil concluiu as investigações sobre o assassinato do pastor Anderson do Carmo, morto em 16 de junho de 2019, na porta de sua casa, no Rio de Janeiro.

O Ministério Público do Rio e a Polícia Civil apontaram a viúva do pastor Anderson do Carmo, como a mentora do crime. A justiça aceitou a denúncia e na manhã desta segunda-feira (24), os órgãos acima citados cumpriram os mandatos de busca e apreensão na residência da deputada federal, Flordelis.

Declarada como a mandante da morte do próprio marido, a deputada foi indiciada por cinco crimes, mas vai responder em liberdade por conta da imunidade parlamentar, que permite a prisão somente em flagrante ou crime relacionado ao cargo.

As mensagens recuperadas nos telefones apreendidos na investigação trouxeram à tona mensagens onde mostram a deputada planejando a morte do marido.

Em uma das mensagens enviadas por Flordelis para o celular do filho em dezembro de 2018, ela implorou para que André a ajudasse a acabar com a vítima.

Confira a íntegra de uma captura de tela, aqui abaixo:

Polcia diz que mensagens reforam suspeita sobre Flordelis Foto Guilherme GomesG1

Em outra mensagem, ela oferece 10 mil para outro filho, Carlos Ubiraci, para ajudar no crime. De acordo com as informações da Polícia Civil, Flordelis tentou matar o marido por diversas vezes, e isso foi constatado em outras conversas registradas em fevereiro de 2019.

FONTE: G1

Compartilhe