Prefeitura fará nova etapa de castrações em Palmital
Compartilhe

Meio ambiente JC

 

A Prefeitura de Palmital anunciou nesta semana que investirá recursos próprios para uma nova etapa de castração de animais domésticos. O trabalho, que prevê mais 100 procedimentos, tem o objetivo de fazer a esterilização para evitar que eles se reproduzam e garantir o controle populacional de cães e gatos. Além de pessoas de baixa renda, que não têm condições de pagar pelo procedimento, a campanha beneficia os caninos e felinos em situação de abandono ou maus tratos que foram retirados das ruas e estão sob a guarda de protetores, possibilitando que eles possam ser oferecidos para a adoção.

O anúncio da campanha foi realizado durante reunião na terça-feira no gabinete do prefeito José Roberto Ronqui. O encontro teve a presença dos secretários da Saúde, Daniele Andrade dos Santos, de Administração, Fábio Maciel Pereira, de Negócios Jurídicos, Edson Ramires, e de Agricultura e Meio Ambiente, Pedro Kirnew, além da comerciante Clotilde Nogueira, representante do grupo de protetores. No encontro, eles acertaram a realização dos serviços com a veterinária Lia Barreto, que realizou a primeira etapa do projeto com 100 castrações entre o final do ano passado e os primeiros meses de 2019.

De acordo com a secretária de Saúde, os serviços serão mantidos com a Lia Barreto, que apresentou melhor preço para a realização dos 100 procedimentos. Daniele destacou que há uma lista com grande quantidade de inscritos junto ao órgão municipal, principalmente para atendimento a animais abandonados que estão sob guarda de protetores e serão oferecidos para adoção, além de pessoas de baixa renda. “O trabalho já está confirmado. Mas ainda aguardamos a formalização do contrato para a realização da nova etapa de castrações”, afirmou.

Compartilhe

Deixe uma resposta