Previsão do tempo: nova frente fria vai se formar e vem chuva por aí
Compartilhe

DOMINGO, 31

Sul

No último dia de maio, a expectativa é de mudanças no tempo. Duas áreas de baixa pressão atmosférica dão origem a um novo sistema frontal. Pancadas de chuva começam a se espalhar pelo oeste gaúcho à tarde, mas até o fim do dia atingem todo o Rio Grande do Sul (com possibilidade de acumulados significativos do centro ao noroeste do estado), o sul e oeste de Santa Catarina e o sudoeste do Paraná. Ventos de até 70km/h podem ser registrados entre o litoral gaúcho e o litoral sul catarinense.

 

Enquanto isso, no norte de Santa Catarina e na maior parte do Paraná, o tempo firme ainda predomina sob efeito de uma massa de ar seco. A temperatura continua subindo com os ventos soprando do quadrante Norte.

 

Sudeste

Uma massa de ar seco atua e inibe a formação de instabilidades, segundo a previsão do tempo. No entanto, o frio segue perdendo força com a gradativa elevação da temperatura e agora o potencial para geada fica bem restrito ao Parque Nacional de Itatiaia, no Rio de Janeiro, devido à sua altitude muito elevada.

 

Ainda existe chance para névoa úmida e/ou nevoeiro, mas desta vez entre o norte fluminense, o leste mineiro e o Espírito Santo. No leste paulista, o dia já começa com condição de céu claro.

 

Centro-Oeste

O tempo firme predomina em boa parte da região, porém, o destaque é a possibilidade de chuva em toda a faixa oeste de Mato Grosso e também no oeste e sul de Mato Grosso do Sul, por conta da formação de uma área de baixa pressão atmosférica entre o Centro-Oeste e o Paraguai, que mais tarde dará origem a um novo sistema frontal. A chuva não tende a ser volumosa, mas pode vir acompanhada por raios e ventos moderados.

 

Nordeste

Segue o tempo firme em áreas do interior nordestino, enquanto que em áreas mais próximas à costa a chuva ainda ocorre, mesmo que em forma de pancadas rápidas, intercaladas com períodos de sol e temperaturas elevadas garantindo a sensação de tempo abafado. Volumes significativos podem ser registrados de Maceió (AL) a São Luís (MA).

 

Norte

Maio termina com chuva na maior parte da região devido à atuação das instabilidades tropicais. Volumes expressivos podem ser registrados no Pará.

 

A exceção continua sendo o Tocantins, com predomínio do tempo firme devido a presença de uma massa de ar seco que inibe a formação de nuvens carregadas.

Fonte: Canal Rural

 

Compartilhe

Deixe uma resposta