• Post category:Rapidinhas
Compartilhe

NOVAS PROFISSÕES

Na Semana do Idoso, muito se discutiu sobre as políticas de atendimento à essa faixa etária que mais cresce. Só esqueceram de lembrar que os velhinhos movimentam a economia da medicina, da fisioterapia e dos medicamentos e estão criando novas profissões, pois enquanto desaparecem as babás, surgem as cuidadoras.

 

DIFERENÇAS NO BRAÇO

Uma briga entre alunos de escola pública de Palmital, filmada e divulgada em redes sociais, mostra que ainda existem os que preferem resolver conflitos com violência física. Muitos assistiram o espetáculo deprimente, ao menos um filmou e poucos intercederam. Prova de atraso comportamental.

 

OPINIÕES ESTRANHAS

As postagens sobre o assunto “briga nas escolas”, feitas nas redes sociais, mostrou certo conformismo com a situação. Alguns lembraram das brigas do passado, que eram comuns, enquanto outros atribuíram a repercussão às redes sociais. Poucos lembraram que é preciso evoluir e praticar a boa convivência.

 

SEM TESTEMUNHAS

Uma dificuldade que terá as partes envolvidas na briga, principalmente a vítima, será a apresentação de testemunhas em possível inquérito policial. São poucos os homens e mulheres com hombridade suficiente para apenas dizer o que de fato viram, sem se intimidar ou tentar proteger aqueles que temem.

 

ATESTADO DE INSANIDADE

Quando se trata de jovens que se envolvem em discussões ou brigas, é possível condescender e acreditar que, com o amadurecimento, haverá mudança. O problema são os adultos, incluindo alguns velhos imaturos, que apelam à ignorância, à violência e à intimidação como métodos que indicam insanidade mental.

 

PETRÓLEO COMUNISTA

Os recursos dos leilões de bacias petrolíferas serão divididos entre Estados e Municípios, mas os petistas são contra os leilões. Entretanto, para ganhar popularidade, deputados e vereadores do partido anunciam os recursos às Prefeituras afirmando que o petróleo é do Lula, como fez o vereador Homerinho. Vai entender.

 

SEM CAPITÃO

O vereador Marquinho Tortinho ficou animado com a criação do PSL, partido do Bolsonaro, em Palmital. Como “fiador” do novo grupo, ele está de olho na votação do presidente na cidade. Quinze dia depois, o próprio Bolsonaro brigou com o PSL e pode sair, deixando a legenda sem comandante, ou sem Capitão. Furo n’água.

 

HERANÇA BENDITA

Bastou o Tribunal de Contas confirmar o parecer desfavorável às contas da ex-prefeita Ismênia para que os pretensos candidatos começassem a aparecer, incluindo um novato surpresa. Vários vereadores querem herdar os votos da ex-prefeita, mas como podem reprovar as contas dela, não se sabe quem receberá apoio nas eleições.

Compartilhe

Deixe uma resposta